quarta-feira , 21 de Fevereiro de 2018
Início / Bahia / 130 toneladas de santinhos são recolhidos em Salvador

130 toneladas de santinhos são recolhidos em Salvador

A Limpurb recolheu 130 toneladas de santinho das ruas de Salvador no domingo (2), dia da eleição municipal. Isso equivale a 11 caminhões de lixo. A operação contou com 1.817 agentes de limpeza, 64 equipamentos, entre caçambas e caminhões de lixo, e cinco carros-pipa que totalizaram 75 mil litros de água.

130 toneladas de santinhos são recolhidos em Salvador

A operação de limpeza  foi iniciada às 10h de ontem e prosseguiu até às 23h. Na eleição presidencial, em 2014, foram recolhidos 98 toneladas de santinhos, o que equivale a 10 caminhões de lixo. Na ocasião, a operação contou com 1.385 agentes de limpeza. Ou seja, 432 a menos, comparado à deste ano.

Desta vez, segundo o ranking da Limpurb, as áreas que ficaram mais sujas foram: em primeiro lugar, Avenida Lima e Silva, na Liberdade, seguida da Avenida Cardeal da Silva, no Rio Vermelho, Avenida Dom João VI, em Brotas, a região do campo da Pronaica, em Cajazeiras, e os bairros da Fazenda Grande do Retiro, Cabula, além do Subúrbio Ferroviário. Grande quantidade de lixo foi recolhido também na região do Colégio Estadual Manoel Devoto, na Rua Oswaldo Cruz, no Rio Vermelho.

“Escalamos 25% dos agentes para começarem a trabalhar às 10h e 75% a partir das 15h. Chegamos ao final da operação com 97% do trabalho concluído. Os outros 3% não conseguimos por conta da violência, houve locais que ocorreram crimes e os agentes não quiseram entrar. Também por conta de carros estacionados nas ruas que dificultaram a limpeza”, afirma o presidente da Limpurb, Kaio Leal.

As áreas que ficaram comprometidas por conta da violênica, segundo Leal, foram: Castelo Branco, IAPI, Rua dos Ferroviários, no Subúrbio, e o campo da Pronaica, em Cajazeiras. “Foram os locais com maior concentração de violência. A limpeza só pôde ser realizada na manhã de hoje”, explica Leal.

correio24h

Comentários:


ATENÇÃO: Os comentários são de total responsabilidade dos autores e representam a opinião pessoal de cada leitor. O Jacobina Notícias poderá retirar, sem aviso prévio, comentários ofensivos ou com xingamentos.