Header Ads

Suspeita de matar investigador se entrega à polícia em Camaçari


A mulher suspeita de matar o investigador Roberto Carlos Neves de Souza, 51 anos, na noite desta sexta-feira, 30, se entregou à polícia na tarde deste sábado, 1º. Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública da Bahia, Laura Tavares de Oliveira, 29 anos, alegou que houve um desentendimento entre o casal e foi o que motivou o crime. Ela compareceu na 18ª Delegacia Territorial (DT) de Camaçari e irá cumprir o mandado de prisão temporária.

O crime ocorreu na noite desta sexta, quando Laura esfaqueou o policial civil, no bairro Bomba em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador. "Xuxa", como era conhecido, tentou buscar atendimento, mas morreu dentro do próprio carro.

As informações relatadas por Laura estão sendo apuradas pelos investigadores da 18ª DT.

Fonte: SSP-BA

Comentários:

ATENÇÃO: Cada comentário representa a opinião pessoal do leitor. O Jacobina Notícias não se responsabiliza pelas opiniões expostas aqui. No entanto, comentários ofensivos ou com xingamentos podem ser removidos.
Tecnologia do Blogger.