Header Ads

Bolsonaro bloqueia Haddad após discussão no Twitter


No sábado (5), o clima esquentou no Twitter entre o Presidente Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT). O barraco começou quando Haddad compartilhou em seu perfil um artigo da publicação alemã Deutsche Welle.  Com tom crítico, a reportagem aponta um crescimento do “anti-intelectualismo” no Brasil.

Após a publicação e Haddad, Jair Bolsonaro replicou, chamando-o de “fantoche de presidiário”. “A verdade é que o marmita, como todo petista, fica inventando motivos para a derrota vergonhosa que sofreram nas eleições, mesmo com campanha mais de 30 milhões mais cara”, escreveu o militar da reserva. Haddad, por sua vez, respondeu: “Na verdade, quem disse isso foi um jornalista da Deutsche Welle, mas se você já se sentir seguro para um debate frente a frente, estou disponível. Forte abraço!”, publicou o candidato petista às eleições 2018.

“Eles procuram e criam todos os motivos possíveis para estarem sendo rejeitados pela maioria da população, só não citam o verdadeiro: o PT quebrou o Brasil de tanto roubar, deixou a violência tomar proporções de guerra, é uma verdadeira quadrilha e ninguém aguenta mais isso!”, retrucou Bolsonaro. Depois da série de tuítes, o presidente bloqueou a conta do petista.

Por Michel Telles / A Tarde

Comentários:

ATENÇÃO: Cada comentário representa a opinião pessoal do leitor. O Jacobina Notícias não se responsabiliza pelas opiniões expostas aqui. No entanto, comentários ofensivos ou com xingamentos podem ser removidos.
Tecnologia do Blogger.