Header Ads

“Do nada, o estrondo”, diz motorista sobrevivente em acidente com Boechat


O motorista João Aldroaldo Tomackeves, de 52 anos, relatou momentos de apreensão durante o acidente com o caminhão em que dirigia e que se chocou com o helicóptero que levava o apresentador Ricardo Boechat, morto nesta segunda-feira (11), na Rodovia Anhanguera, em São Paulo. 

“O helicóptero veio de cima para baixo, não veio de frente para mim. Não tinha nada na minha frente, a rodovia estava ‘limpa’. Aí do nada, aquele estrondo e sobe metade da cabine em minha frente”, disse Aldroaldo.

O motorista iria carregar o caminhão em Cajamar, cidade localizada na Região Metropolitana de São Paulo, e depois seguiria viagem para o Sul do país. Ele teve ferimentos leves, mas sentiu-se mal e depois foi levado para um hospital da região — recebeu alta à noite.

O piloto da aeronave, Ronaldo Quattrucci também não resistiu aos ferimentos e morreu no acidente.

InstoÉ