quarta-feira , 13 de dezembro de 2017
Início / Mundo / Asteroide com 5 km de diâmetro vai passar perto da Terra em dezembro

Asteroide com 5 km de diâmetro vai passar perto da Terra em dezembro


Reviewed by:
Rating:
5
On segunda-feira, 27 de novembro de 2017
Last modified:segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Summary:

Asteroide com 5 km de diâmetro vai passar perto da Terra em dezembro

Todos os dias, parece que um novo desastre natural pode trazer o apocalipse. Vulcões, terremotos, furacões. Às vezes, essa lista inclui asteroides. Mas apesar das manchetes exageradas dos suspeitos de sempre, não existe a necessidade de se preocupar com o mais recente asteroide que se aproxima.

O (3200) Phaethon é uma rocha de cinco quilômetros de diâmetro com uma órbita oblonga que cruza com a Terra. Ele está programado para fazer uma aproximação com a Terra em 16 de dezembro. Você provavelmente vai ouvir mais gritos alarmistas até lá, mas não precisa se preocupar com ele enquanto estiver vivo.

Os cientistas descobriram o (3200) Phaethon pela primeira vez em 1983, de acordo com uma ficha de dados do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA. Sua excentricidade cruza a órbita do nosso planeta, colocando a humanidade em um lugar bastante precário. Ele foi classificado como um “Asteroide Potencialmente Perigoso” por isso. Mas o seu título é um tanto quanto enganoso.

“(Asteroide Potencialmente Perigoso) não é um bom termo, porque indica que coisas virão colidir com a gente imediatamente”, disse Matthew Holman, diretor interino do Minor Planet Center, da União Astronômica Internacional, em entrevista ao Gizmodo. “Durante longos períodos de tempo, basicamente, isso é algo mais plausível.”

Holman prosseguiu, explicando que “órbitas de asteroides mudam na escala de centenas ou milhares de anos, talvez até mais. Realmente não é uma afirmação sobre urgência. É uma afirmação de plausibilidade — é algo que poderia um dia ter uma trajetória de colisão em direção à Terra”.

Holman não falou diretamente sobre o (3200) Phaethon, mas discutiu que cientistas estudam essas coisas de perto. A comunidade acompanha e modela as órbitas de quaisquer rochas potencialmente perigosas, como fizeram com a 99942 Apophis, que, por um breve período, causou medo cerca de uma década atrás. Cientistas em agências projetadas para se preocupar com essas coisas, como a NASA, te avisariam se o (3200) Phaethon fosse realmente uma ameaça.

A rocha vai passar a pouco menos de 10,4 milhões de quilômetros de distância da Terra em 16 de dezembro, cerca de um quinto da distância da Terra para Marte em seu período de maior proximidade. Marte é muito distante, mas você ainda é capaz de talvez observá-lo com um telescópio. A próxima vez que estará o mais perto possível é em 2093, quando passará a cerca de 2,97 milhões de quilômetros de distância — ainda assim, sete vezes mais distante do que a Lua. Você muito provavelmente estará morto até lá.

O (3200) Phaethon ainda é legal e estranho. Ele produz uma chuva de meteoros aqui na Terra chamada de Geminids, mas normalmente são cometas, e não asteroides, que causam esses eventos. Existem algumas teorias sobre o porquê de isso acontecer, embora tudo ainda seja um mistério.

De qualquer forma, pode relaxar e curtir seu fim de ano. Não precisa se preocupar com um asteroide.

Comentários:


ATENÇÃO: Os comentários são de total responsabilidade dos autores e representam a opinião pessoal de cada leitor. O Jacobina Notícias poderá retirar, sem aviso prévio, comentários ofensivos ou com xingamentos.