terça-feira , 21 de novembro de 2017
Início / Bahia / Festa de ‘paredão’ termina com 11 pessoas baleadas em Salvador

Festa de ‘paredão’ termina com 11 pessoas baleadas em Salvador


Reviewed by:
Rating:
5
On domingo, 15 de outubro de 2017
Last modified:domingo, 15 de outubro de 2017

Summary:

Festa de 'paredão' termina com 11 pessoas baleadas em Salvador

Onze pessoas foram baleadas na noite deste sábado, 14, durante uma festa “paredão” que acontecia na região da avenida Peixe, na Liberdade, em Salvador. Dentre os feridos, segundo a polícia, uma criança e dois adolescentes.

As vítimas Alaíde Nunes da Silva, 49 anos, Paulo César Soares Fiaz, 55 anos, Luzival Assunção de Jesus, 26 anos, Danilo Marcondes Dener Santos, 30 anos, e uma criança de 11 anos e um adolescente de 13 anos foram socorridos para o Hospital Ernesto Simões Filho, no Pau Miúdo.

Já Jeferson Oliveira Carvalho Santos, 31 anos, Everton Vinicius Filgueiras Rosa, 18 anos, e mais um adolescente de 17 anos e um homem de prenome Silvio, 40 anos, foram levados para o Hospital Geral do Estado (HGE), na Vasco da Gama. Fábio Borges Santos, 29 anos, foi encaminhado para o Hospital Roberto Santos, no Cabula.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), informações preliminares dão conta de que 10 homens iniciaram os disparos pela lateral de um palco montado no local. Unidades da Operação Gêmeos chegaram em logo seguida, mas os suspeitos conseguiram fugir.

De acordo com o órgão, a polícia trabalha com a hipótese de que a ação foi motivada por briga de facções que atuam na região. Policiais realizam buscas para localizar e prender os responsáveis. O caso é investigado pela 2ª Delegacia Territorial (DT) da Liberdade.

Ainda conforme a SSP-BA, na mesma noite aconteceria um evento semelhante no Curuzu, mas foi impedido por policiais da 37ª Companhia Independente da Polícia Militar (37ª CIPM/Liberdade), após denúncias anônimas.

O major Ricardo Silva, comandante da 37ª CIPM, fez um apelo à população para que este tipo de evento seja denunciado à unidade. “Nós precisamos contar com o apoio dos moradores, informando data e local, para que possamos agir de forma preventiva”, destacou.

Comentários:


ATENÇÃO: Os comentários são de total responsabilidade dos autores e representam a opinião pessoal de cada leitor. O Jacobina Notícias poderá retirar, sem aviso prévio, comentários ofensivos ou com xingamentos.