quarta-feira , 22 de novembro de 2017
Início / Bahia / Presos queimam colchões e pedem transferência em Itambé

Presos queimam colchões e pedem transferência em Itambé

Os detentos, custodiados da delegacia de Itambé, a 577 km de Salvador, se rebelaram na manhã desta segunda-feira, 20, e incendiaram colchões na carceragem, quando iniciavam o banho de sol. De acordo com a Polícia Civil, o motim foi para pedir transferência de alguns presos para o presídio do município de Jequié, a 366 km de Salvador.

Presos queimam colchões e pedem transferência em Itambé

Cerca de quatro “chunchos”, armas de fabricação artesanal, estavam com os presos. Eles exigiam a presença do Juiz, Dr Rodrigo Medeiros Sales, Juiz de Direito da Comarca de Itambé, e seus familiares. A Polícia Civil pediu apoio da Polícia Militar para evitar uma possível fuga dos detentos.

Equipes da CAESG e ROTAM assumiram as negociações. A situação só se acalmou, por volta das 11h30, com a chegada do Dr. Rodrigo Medeiros Sales, que dialogou com os detentos e garantiu a integridade física deles.

Após constatar que o local estava seguro, os PMs e a Polícia Civil revistaram toda a área, inclusive o interior de cada cela, onde foram encontrados os “chuncos”.

Presos queimam colchões e pedem transferência em Itambé

Comentários:


ATENÇÃO: Os comentários são de total responsabilidade dos autores e representam a opinião pessoal de cada leitor. O Jacobina Notícias poderá retirar, sem aviso prévio, comentários ofensivos ou com xingamentos.