quinta-feira , 14 de dezembro de 2017
Início / Notícias / Região / Mirangaba / Mirangaba: Polícia Civil usa drone e erradica maconha avaliada em R$ 1 milhão

Mirangaba: Polícia Civil usa drone e erradica maconha avaliada em R$ 1 milhão


Reviewed by:
Rating:
5
On quinta-feira, 10 de agosto de 2017
Last modified:sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Summary:

Mirangaba: Polícia Civil usa drone e erradica maconha avaliada em R$ 1 milhão

Policiais civis da 16ª Coorpin, sob a Coordenação do delegado Dr. Eduardo Brito, deflagraram na manhã desta quarta-feira (9) a ‘Operação Trincheira’, tendo como objetivo o combate ao tráfico de drogas e a erradicação de plantios de maconha no município de Mirangaba.

Após varredura de um área já pré-investigada com utilização de um drone, foi encontrado um plantio de maconha já pronta para a colheita, com cerca de 90 mil pés da droga, embreada em plena caatinga, a cerca de 50 quilômetros da sede do município. O plantio tinha toda estrutura de irrigação via gotejamento, abastecida por poço artesiano. No momento da incursão dos policiais, quatro homens cuidavam do plantio da droga e, após intensa troca de tiro com os policiais, eles conseguiram adentrar a caatinga e fugir. O plantio da droga ocupava uma área de terra com aproximadamente 3 tarefas.

Em menos de 3 meses, a 16ª Coorpin já erradicou cerca de 200 mil pés da erva e 3 plantios já foram destruídos. Segundo o delegado Eduardo Brito, esse trabalho de eliminação do atacado do entorpecente é desenvolvido depois de meses de investigação, onde as informações são colhidas com as apreensões no varejo de usuários ou de pequenas vendedores. A partir dessas ações é que se inicia o trabalho de investigação até chegar aos grandes produtores, sendo o trabalho institucional da Polícia Civil. Ainda segundo o delegado, as investigações continuarão para descobrir os proprietários do plantio e seus investidores.

Agentes do Departamento de Polícia Técnica estiveram no local, onde realizou a devida perícia legal, além da coleta de imagens áreas feitas via drone. Após o termino dos trabalhos, a droga foi queimada e erradicada. A droga seria vendida por aproximadamente R$1 milhão.

Informações da 16ª Coorpin/Jacobina

Comentários:


ATENÇÃO: Os comentários são de total responsabilidade dos autores e representam a opinião pessoal de cada leitor. O Jacobina Notícias poderá retirar, sem aviso prévio, comentários ofensivos ou com xingamentos.