domingo , 18 de Fevereiro de 2018
Início / Bahia / Mototaxista mata amigo de infância na frente da mãe em Feira de Santana

Mototaxista mata amigo de infância na frente da mãe em Feira de Santana

O Mototaxista Alexandro Souza de Almeida, o Gago, 30 anos, matou a tiros o motorista de van Benivan Oliveira Conceição, 28, na manhã desta quinta-feira (29), em Feira de Santana. O crime aconteceu na frente da mãe do acusado, nas Rua Cupertino Lacerda, no bairro residencial do Vietnã, por volta das 7h30. O motivo foi uma dívida de R$ 1.200.

Familiares contaram para a polícia que Gago e Beni da Van, como a vítima era conhecida, eram amigos desde a infância. Os dois trabalhavam nas imediações do Terminal Rodoviário de Feira de Santana, Beni como motorista de van e Gago como mototaxista.

Mototaxista mata amigo de infância na frente da mãe em Feira de Santana
Curiosos observam o corpo de Benivan na manhã desta quinta-feira (Foto: Ed Santos/ Acorda Cidade)

Segundo o titular da Delegacia de Homicídios de Feira de Santana, Gustavo Coutinho, o desentendimento entre os dois amigos começou há menos de um ano, quando Gago contraiu uma dívida com Beni.

“Há alguns meses Gago vendeu uma moto para Beni. Ele disse que o veículo estava com as prestações todas pagas, mas quando o comprador foi fazer a transferência da moto para o nome dele descobriu que haviam três prestações atrasadas. Beni pagou os valores em atraso e passou a cobrar de Gago a restituição do valor”, contou o delegado.

A dívida era de R$ 1.200. A mãe e o irmão de gago contaram ao delegado que Beni era agressivo ao fazer a cobrança e que o mototaxista estava se sentindo intimidado.

Assassinato

Na manhã desta quinta-feira, Beni cobrou a dívida, mais uma vez, e Gago informou que parte do dinheiro estava em casa, com a mãe dele. Os dois amigos seguiram até o imóvel, no Vietnã, e quando chegaram no local houve uma nova discussão.

“A mãe de Gago tinha apenas R$ 200 e entregou para Beni, prometendo pagar o restante da dívida depois, mas os dois amigos começaram a discutir. Ela contou que Beni deu um tapa no rosto de Gago, o que deixou ele exaltado”, afirmou o delegado.

O mototaxista sacou uma arma da cintura e ameaçou atirar em Beni, mas o motorista não acreditou. Ele teria xingado Gago mais algumas vezes e deu as costas para voltar para a van. Foi neste instante que o mototaxista atirou. O primeiro tiro atingiu as nádegas. O segundo a cabeça – com saída pela face – Beni caiu, mas foi baleado outras vezes, nas costas. Ele morreu no local.

A Polícia Militar informou que uma guarnição da 67ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/ Feira de Santana) esteve no local e foi informada de que o autor dos disparos fugiu em uma motocicleta. “PM realizou buscas na região para tentar localizar e prender o suspeito, mas ele não foi encontrado”, diz a nota.

O caso está sendo investigado pela DH de Feira de Santana. Segundo o delegado, Gago vai responder por homicídio, mas ainda não foi localizado. Nem a vítima nem o suspeito têm passagem policial.

Acorda Cidade

Comentários:


ATENÇÃO: Os comentários são de total responsabilidade dos autores e representam a opinião pessoal de cada leitor. O Jacobina Notícias poderá retirar, sem aviso prévio, comentários ofensivos ou com xingamentos.