quinta-feira , 22 de Fevereiro de 2018
Início / Notícias / Jacobina / Os segundos preciosos do eleitor e o futuro de Jacobina

Os segundos preciosos do eleitor e o futuro de Jacobina

Faltando menos de 24 horas para o município de Jacobina saber quem será seu prefeito e vereadores nos próximos quatro anos, a dúvida e ansiedade toma conta dos candidatos, correligionários e principalmente dos cidadãos jacobinenses. Com quase 60 mil eleitores, Jacobina vive a expectativa de saber qual será o futuro de seus cidadãos: jovens, empreendedores, empresários, estudantes, gestantes, crianças, pais e mães de família, que nasceram nesse município ou o escolheram como lar.

Os segundos preciosos do eleitor e o futuro de Jacobina

A partir das 8h deste domingo (2), cada eleitor terá em suas mãos – desde a sede do município ao interior -, a chance de decidir como será Jacobina nos próximos quatro anos. Para muitos, um momento extremamente importante; para outros, um momento de se sentir mais forte que os políticos, de mostrar à eles que o povo é quem decide; para alguns, talvez um dia de levar uma vantagem; há até os que aguardam para comemorar a derrota de seus adversários que perderão o emprego. Contudo, o que as dezenas de milhares de pessoas desse município realmente precisam? De Educação? Saúde? Segurança? Emprego ou todas as opções?  E se cada eleitor jacobinense fizesse uma retrospectiva pessoal, ou até mesmo coletiva, sobre tudo que aconteceu de bom e ruim em Jacobina? Como foram nossos últimos 5, 10, 20 anos?

Talvez muitos deles até desistissem de deixar suas casas para irem às sessões eleitorais. Mas, talvez, outros tenham bons motivos para enfrentarem filas e registrarem seus votos, acreditando que estarão contribuindo para a melhoria do seu município. Sim, exatamente esse deveria ser o pensamento de cada eleitor: pensar na coletividade, analisar cada erro e acerto dos gestores públicos e decidir se essa é a hora da mudança, de arriscar, de experimentar, ou se a mudança já aconteceu.

Os segundos preciosos diante da urna eletrônica neste domingo serão ‘eternizados’ por longos quatro anos, que poderão ser dolorosos ou surpreendentes, quem sabe até animadores. No entanto, independentemente dos risos ou lágrimas, a escolha sempre será do eleitor, do povo, e a responsabilidade pelo futuro de Jacobina está nas mãos de cada um deles, de suas convicções, dúvidas e escolhas.

Que cada eleitor jacobinense use seus ‘segundos preciosos’ pensando na coletividade, ciente de que o futuro de Jacobina depende da escolha de cada um que registrar o voto neste domingo.

Boa sorte, Jacobina.

Texto e foto: Jacobina Notícias

Comentários:


ATENÇÃO: Os comentários são de total responsabilidade dos autores e representam a opinião pessoal de cada leitor. O Jacobina Notícias poderá retirar, sem aviso prévio, comentários ofensivos ou com xingamentos.