segunda-feira , 25 de setembro de 2017
Início / Bahia / Rui Costa anuncia patrocínio de R$ 1,5 milhão ao Neojiba

Rui Costa anuncia patrocínio de R$ 1,5 milhão ao Neojiba


Reviewed by:
Rating:
5
On terça-feira, 20 de junho de 2017
Last modified:terça-feira, 20 de junho de 2017

Summary:

Rui Costa anuncia patrocínio de R$ 1,5 milhão ao Neojiba

A Orquestra Castro Alves (OCA) dos Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia (Neojiba) fez, nesta terça-feira (20), uma apresentação diferente dos concertos já realizados pelo programa no Teatro Castro Alves (TCA), estações de metrô e escolas públicas. A orquestra quebrou a rotina de gestores e servidores públicos estaduais, levando música clássica ao prédio da Governadoria, localizado no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador.

A ação surpresa é parte do Projeto Visitas Musicais, que comemora os 10 anos do Neojiba e homenageia o Governo do Estado pelos investimentos que ajudaram o programa a crescer nos últimos anos. O grupo foi recebido pelo governador Rui Costa, que aproveitou a surpresa para anunciar a assinatura de um novo contrato de patrocínio. “Tenho muito orgulho desse programa. Uma novidade é que vamos assinar, na quinta-feira [22], um contrato com o Banco do Brasil de patrocínio de R$ 1,5 milhão. Sempre tento cativar todas as empresas que chegam aqui para que elas possam aderir, ajudar, reforçar e ampliar os programas sociais, e o Banco do Brasil abraçou a proposta”, afirmou Rui.

O governador destacou ainda que, atualmente, “são quase 5 mil crianças e jovens no Neojiba e, com as escolas culturais, devemos chegar a 10 mil jovens aprendendo música na Bahia. É isso que precisamos: envolver os nossos jovens pela música, pela dança, pela arte e pela educação, para que a gente tenha uma Bahia melhor”.

Com regência do maestro Ricardo Castro, a OCA apresentou um repertório dedicado ao período junino. Clássicos do forró tradicional, como ‘São João na Roça’, ‘Assum Preto’, ‘Baião’ e ‘Asa Branca’, do cantor Luiz Gonzaga, foram lembrados por dez músicos através de instrumentos de sopro, metais e percussão.

“As crianças e os jovens do Neojiba retribuem com música aos funcionários públicos que lutam pela melhoria da vida da população. A ação se torna ainda mais importante pelos 10 anos de Neojiba, que é um investimento inédito nesta área em nível nacional. Enquanto o Brasil vem sofrendo cortes na área cultural e na área social, o Governo da Bahia mantém o compromisso de investir na infância e na juventude através de programas como o Neojiba”, destacou Ricardo Castro.

Transformação pela música

Composto por 13 orquestras e corais formados por jovens baianos de origem humilde, o Neojiba se adapta a cada ambiente. Nesta terça (20), a Casa Civil, Ouvidoria Geral do Estado (OGE), Vice-governadoria, Casa Militar e Secretaria de Comunicação Social (Secom) foram alguns dos espaços visitadas pelos integrantes do programa, como o percussionista Raysson Lima, 13 anos. “A música é tudo para mim. É uma forma de me colocar no mundo. Com ela, eu viajo e conheço lugares. O Neojiba abre portas para as pessoas”, comentou o jovem, que está há quatro anos no programa.

Na segunda quinzena de julho, as secretarias de Justiça, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SJDHDS), da Educação, da Fazenda (Sefaz-BA) e do Planejamento (Seplan) também vão receber a apresentação da OCA. Criado em 2007, como um dos programas prioritários do Governo da Bahia, o Neojiba tem por objetivo promover o desenvolvimento e a integração social prioritariamente de crianças, adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade, por meio do ensino e da prática musical coletivos.

“O Neojiba está dentro do contexto do Programa Pacto pela Vida, em que oferecemos oportunidades ao jovem de brilhar. Os jovens atendidos pelo Neojiba estão brilhando no mundo, com turnês fora do país. São jovens em vulnerabilidade social, mas que estão encontrando um caminho através da música”, ressaltou o secretário da SJDHDS, Carlos Martins.

Também receberam os músicos da OCA, na Governadoria, os secretários da Casa Civil, Bruno Dauster, da Fazenda, Manoel Vitório, de Cultura, Jorge Portugal, de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner, de Comunicação, André Curvello, e de Turismo, José Alves, além do subsecretário da Segurança Pública, Ari Pereira, e do chefe de gabinete da Seplan, Cláudio Peixoto.

Ascom Gov-BA

Comentários:


ATENÇÃO: Os comentários são de total responsabilidade dos autores e representam a opinião pessoal de cada leitor. O Jacobina Notícias poderá retirar, sem aviso prévio, comentários ofensivos ou com xingamentos.