domingo , 18 de Fevereiro de 2018
Início / Bahia / “Só não mataram o bandido porque a cobradora e eu não deixamos”, diz motorista de ônibus assaltado

“Só não mataram o bandido porque a cobradora e eu não deixamos”, diz motorista de ônibus assaltado

“Só não mataram o bandido porque eu e a cobradora não deixamos”, contou o motorista do ônibus da empresa Dois de Julho, que fazia a linha Terminal da França/Vilas do Atlântico, assaltado por volta das 6h30 desta terça-feira (01), na frente do Shopping Paralela, em Salvador.

"Só não mataram o bandido porque a cobradora e eu não deixamos", diz motorista de ônibus assaltado
O assaltante Murilo dos Santos Marques foi agredido pelos passageiros e levado para o Gercc (Foto: Reprodução/Lara Bastos)

O motorista, que pediu para não ser identificado, contou ainda que os passageiros chegaram a pegar o extintor do ônibus para bater no bandido, mas foram impedidos pela cobradora. Passageiros reagem a assalto e agridem suspeitos dentro de ônibus na Paralela.

"Só não mataram o bandido porque a cobradora e eu não deixamos", diz motorista de ônibus assaltado
Passageiros chegaram a quebrar algumas janelas do ônibus no momento do pânico (Foto: Reprodução)

Os passageiros partiram para cima dos bandidos após perceberem que eles apenas fingiam que estavam armados. O assalto foi praticado por Murilo dos Santos Marques, 21 anos, e um segundo homem não identificado. Murilo teria ficado na frente, orientando que os passageiros entregassem todos os pertences, enquanto o comparsa dele ia recolhendo os objetos.

Desesperados, alguns passageiros que estavam no fundo do ônibus quebraram os vidro traseiros e pularam pelas janelas. Não há informações de passageiros feridos. O bandido que ficou ferido teve o rosto machucado e foi atendido no Centro Médico de Pernambués, após ser apreendidos por equipes da 82ª Companhia Independente da Polícia Militar (Paralela), que estiveram no local.

"Só não mataram o bandido porque a cobradora e eu não deixamos", diz motorista de ônibus assaltado
Passageiro que ajudou a bater em bandido mostra roupa suja de sangue (Foto: Reprodução)

O motorista, o cobrador e os passageiros do ônibus foram prestar depoimento no Grupo Especial de Repressão a Roubos em Coletivos (Gerrc). O bandido preso também foi encaminhado para o local, onde permanece detido.

Correio24h

Comentários:


ATENÇÃO: Os comentários são de total responsabilidade dos autores e representam a opinião pessoal de cada leitor. O Jacobina Notícias poderá retirar, sem aviso prévio, comentários ofensivos ou com xingamentos.