sexta-feira , 22 de setembro de 2017
Início / Mundo / Sobe para 22 número de mortos por homem-bomba em Manchester; veja vídeo

Sobe para 22 número de mortos por homem-bomba em Manchester; veja vídeo


Reviewed by:
Rating:
5
On terça-feira, 23 de maio de 2017
Last modified:terça-feira, 23 de maio de 2017

Summary:

Sobe para 22 número de mortos por homem-bomba em Manchester; veja vídeo

A polícia de Manchester informou durante a madrugada que o número de mortos na explosão do lado de fora da Manchester Arena na noite de segunda-feira (22) subiu para 22, com crianças entre as vítimas fatais. Outras 59 pessoas ficaram feridas. Os oficiais trabalham com a hipótese de que a explosão tenha sido um ataque feito por um único suspeito, que utilizava um explosivo improvisado e teria morrido no local.

Ainda não está claro se ele agiu sozinho ou sob o comando de uma rede terrorista. “A teoria principal é que tenha sido um homem-bomba, com base nos indícios forenses”, afirmou um oficial norte-americano. Segundo essa fonte, a polícia britânica encontrou o que acredita serem os restos mortais do agressor.

As autoridades dos dois países trabalham juntas na investigação. Caso o incidente seja confirmado com um ataque terrorista, será o segundo no Reino Unido neste ano e o mais letal desde 2005, quando homens-bomba atacaram o sistema de transporte de Londres e mataram 52 pessoas.

A explosão aconteceu perto da bilheteria da Manchester Arena, logo após o encerramento do show da cantora americana Ariana Grande no estádio. Pelo Twitter, a artista lamentou a tragédia e disse “não ter palavras”.

A primeira ministra do Reino Unido, Theresa May, publicou uma declaração oficial prestando solidariedade às vítimas. “Estamos trabalhando para estabelecer os detalhes completos do que está sendo tratado pela polícia como um terrível ataque terrorista. Nossos pensamentos estão com as vítimas e suas famílias”.

Veja o vídeo:

Estadão Conteúdo

Comentários:


ATENÇÃO: Os comentários são de total responsabilidade dos autores e representam a opinião pessoal de cada leitor. O Jacobina Notícias poderá retirar, sem aviso prévio, comentários ofensivos ou com xingamentos.