Header Ads

Comandante da PM chama Kannário de ‘marginal’: ‘Já prendemos várias vezes’


O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Anselmo Brandão, afirmou que o cantor Igor Kannário é “marginal”. A afirmação veio após uma pergunta sobre a postura do artista, que acusou a PM de agredir foliões durante o Carnaval de Salvador.


“Kannário foi muito infeliz naquela colocação. Foi colocada uma imagem de frente, mas ninguém viu o que veio atrás. Quando a PM chegou na frente, a briga já era generalizada. Infelizmente [Kannário] é um marginal, já prendemos ele várias vezes. Fico chateado quando vejo dando espaço a ele. Infelizmente ele não pode colocar um capacete [da PM] para ir à rua, pois não reúne as condições. Ele não pede calma, como Leo Santana faz. Ele vai para cima”, acusou.


Brandão criticou ainda o ator Bruno Gagliasso, que também fez críticas à PM. “Eu já falei sobre isso, o ator foi infeliz. Foi muito infeliz. É um ato isolado. Sou contra excessos. Ele tem que ir pra rua. Ele tem que ver o que o policial passa. Não é fácil ficar no ar-condicionado, no frio, dizendo que está errado. Se estiver errado, eu estou para corrigir. Agora não venha querer denegrir minha corporação”, bradou.


O coronel comemorou os números da folia de Momo e classificou a festa como “tranquila”. “Zero homicídios, redução de furtos e roubos. Não tivemos baleados no circuito. O que as pessoas querem mais?”, perguntou.


As informações são do Metro1

Comentários:

ATENÇÃO: Cada comentário representa a opinião pessoal do leitor. O Jacobina Notícias respeita totalmente seu direito fundamental à liberdade de expressão, sinta-se a vontade. No entanto, comentários ofensivos ou com xingamentos podem ser removidos sem aviso prévio.
Tecnologia do Blogger.