Header Ads

"Estou na fronteira, mas não fujo porque sou inocente", diz Lula no RS


Nesta segunda-feira (19), durante a caravana de Lula pelo Sul do país, o ex-presidente brasileiro se encontrou com o ex-presidente uruguaio José Pepe Mujica, na Praça Internacional, na Fronteira da Paz. O trecho abrange as cidades uruguaia de Rivera e brasileira de Santana do Livramento.

O primeiro dia da viagem terminou em torno de uma conversa que passou pela integração da América Latina e pelo desenvolvimento do continente e do Mercosul. Lula também falou sobre a possibilidade de ser preso, após condenação em segunda instância.

"Caro Mujica, você sabe que estou sendo ameaçado de prisão. Estou aqui na fronteira, poderia dar um pulinho ali no Uruguai, mas não vou. Sabe por quê? Porque estou tranquilo com minha inocência e quem terá de sair do país um dia são eles", disse Lula, durante a conversa. 

A quarta caravana do presidente começou em Bagé e enfrentou protesto de um grupo de ruralistas e simpatizantes do deputado federal Jair Bolsonaro, que usaram caminhões e tratores para bloquear o acesso da comitiva de Lula à Universidade Federal dos Pampas (Unipampa).

A viagem do ex-presidente Lula pelo Sul percorrerá os três estados da região - Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina - e durará nove dias. O percurso, que será todo feito de ônibus, passará por pelo menos 14 cidades e se encerra no dia 28 de março, em Curitiba.

A caravana, inicialmente marcada para fevereiro, foi adiada para ajustar o roteiro ao calendário das universidades que receberão o ex-presidente, de acordo com o coordenador das caravanas, Márcio Macedo.

Notícias ao Minuto

Comentários:

ATENÇÃO: Cada comentário representa a opinião pessoal do leitor. O Jacobina Notícias não se responsabiliza pelas opiniões expostas aqui. No entanto, comentários ofensivos ou com xingamentos podem ser removidos.
Tecnologia do Blogger.