Header Ads

Bahia leva goleada do Palmeiras e segue na zona de rebaixamento; veja gols


Antes da viagem para São Paulo, a promessa de Guto Ferreira e do elenco do Bahia era de um time diferente das últimas atuações fora de casa pelo Brasileirão. Mas o que se viu em campo, na derrota por 3 a 0, neste sábado, 19,  para o Palmeiras,  foi um time perdido no lado defensivo, falhando nos três gols palmeirenses, todos marcados no 1º tempo, além de um ataque inofensivo, que não soube marcar nas oportunidades que teve.

Assim, o Bahia retorna a Salvador estacionado na zona de rebaixamento, na 17ª posição, com apenas cinco pontos. O Esquadrão ainda deve perder uma posição na rodada, e será superado por Vitória ou Ceará, que se enfrentam neste domingo, 20.

Agora, o Esquadrão desliga do Brasileirão e foca na partida decisiva desta quarta, contra o Blooming, da Bolívia, na Fonte Nova, no jogo de volta da primeira fase da Copa Sul-Americana. No jogo de ida, o Tricolor foi derrotado por 1 a 0 e agora precisa vencer por dois gols em Salvador para avançar na competição.

O jogo

Antes de começar a partida, o atacante Edigar Junio sentiu a coxa e precisou ser substituído por Junior Brumado. 

Já o Palmeiras não pode contar com o atacante Dudu, que estava suspenso. E foi justamente o seu substituto, Willian, que abriu o placar, logo os dois minutos. Felipe Melo e Willian iniciaram a jogada. A bola foi para o rápido Keno, que acionou Borja dentro da área. O atacante colombiano tocou para trás e Willian, que havia iniciado a jogada, se antecipou na área e colocou para dentro das redes.

O gol parece ter acordado o Bahia, que havia começado sonolento . Aos seis minutos, após boa roubada de bola, Vinicius chutou de fora da área. A bola desviou no defensor palmeirense e passou perto do gol. Três minutos depois, o Bahia colocou uma bola na trave. Léo fez boa jogada pela esquerda, cortou para dentro e chutou para a área. O zagueiro Lucas Fonseca conseguiu desviar a bola, mas não o suficiente para entrar no gol.

Aos 14 minutos, o Esquadrão apareceu novamente com perigo. Zé Rafael chegou pelo meio sozinho de frente para o goleiro Jailson. Mas o meia do Bahia chutou muito fraco e desperdiçou outra grande chance, facilitando a defesa do arqueiro palmeirense.

Como o Bahia tentava buscar o ataque, abria espaço para os contra-ataques do Palmeiras, forçando Douglas a participar muito do jogo. No primeiro lance, aos 18 minutos, o goleiro Tricolor saiu para cortar de cabeça fora da área, no melhor estilo Manuel Neuer, a bola que encontraria Borja sozinho. Em outro lance, aos 23, Douglas salvou duas vezes. Primeiro, saindo para cortar o cruzamento para Keno. Na sobra, Willian chutou forte, obrigando o goleiro do Esquadrão a fazer uma linda defesa.

Como o Bahia não aproveitou as suas chances, o mortal Palmeiras soube aproveitar. Aos 32 minutos, o Verdão marcou o segundo, em outro lance de vacilo da defesa tricolor. Após jogada ensaiada de escanteio curto, Marcos Rocha apareceu na entrada da área para cruzar. A bola foi pelo chão até encontrar o pé do zagueiro Antônio Carlos, que entrou na área de surpresa e, sem nenhuma marcação, chutou para o gol, ampliando o placar no Allianz Parque.

Com o tricolor desnorteado, o Palmeiras queria mais. E chegou ao terceiro com Borja, aos 41 minutos. Lucas Lima tocou para o atacante colombiano, que, dentro da área, chutou e marcou o terceiro.

Na segunda etapa, o Bahia não demonstrou força para reagir e o Palmeiras controlou a partida, ainda perdendo um gol incrível, com Willian, sozinho, sem goleiro. Só no fim do jogo o Esquadrão voltou a assustar, com uma cabeçada de Everson que acertou a trave de Jailson.

Veja os gols:


Douglas lesionado

O time tricolor ainda teve uma péssima notícia no segundo tempo: o goleiro Douglas sentiu a coxa após uma cobrança de tiro de meta e foi substituído por Anderson, virando dúvida para as próximas partidas do Esquadrão.

Fonte: A Tarde

Comentários:

ATENÇÃO: Cada comentário representa a opinião pessoal do leitor. O Jacobina Notícias respeita totalmente seu direito fundamental à liberdade de expressão, sinta-se a vontade. No entanto, comentários ofensivos ou com xingamentos podem ser removidos sem aviso prévio.
Tecnologia do Blogger.