Header Ads

"Falta de combustível deve ser normalizada esta semana", garante Rui Costa


Em coletiva realizada neste domingo 27, o governador Rui Costa falou sobre a greve nacional dos caminhoneiros e suas consequências para a Bahia. Além de fazer um balanço das ações dos órgãos estaduais, o governador garantiu o provimento de serviços essenciais, entre os quais, o abastecimento de combustível.

Sobre o combustível, Rui disse que com a chegada e saída no transporte de carga da refinaria e centrais de abastecimento, a normalidade nos postos, deve ser vista em breve,  "Ao longo da semana, essa situação deve ser normalizada. Já é possível ver filas nos postos credenciados a abastecer a frota pública, como ambulâncias e viaturas. Hoje à tarde, já passa a chegar combustível em todos os outros postos. Posso garantir a segurança e escolta para a movimentação desses transportadores", afirmou.

As escoltas que tem acontecido em todo o estado, estão sendo feitas por órgãos de segurança estaduais, principalmente para carretas e veículos que transportam combustível para abastecer viaturas, ambulâncias, ônibus, entre outros.Alimentos, oxigênio para hospitais também estão na lista de prioridade do plano emergencial cumprido pela Secretaria da Segurança Pública (SSP). A estimativa é que pelo menos 17 caminhões devam chegar à região metropolitana ainda nesta tarde. Com isso, todas as vias estaduais e de acesso ao Polo Petroquímico foram liberadas.

Análise da greve e reivindicações

Ainda na coletiva, o governador criticou a atuação da Petrobras e chamou a política de preços praticada  de irracional. "Não é normal ter havido 11 aumentos no preço dos combustíveis nos últimos 17 dias", disse. Sobre as reivindicações, Rui garantiu que o pedido da categoria referente a cobrança nos pedágios de terceiro eixo será atendida. Não haverá cobrança de pedágio do terceiro eixo quando ele estiver levantado. Entretanto, o governador ressaltou que na ocasião, também é fundamental que o caminhão esteja vazio.

Fonte: A Tarde

Comentários:

ATENÇÃO: Cada comentário representa a opinião pessoal do leitor. O Jacobina Notícias respeita totalmente seu direito fundamental à liberdade de expressão, sinta-se a vontade. No entanto, comentários ofensivos ou com xingamentos podem ser removidos sem aviso prévio.
Tecnologia do Blogger.