Header Ads

Resultado de perícia sobre incêndio na Assembleia Legislativa deve sair em até 72h


Deve ser divulgado no prazo de 48 a 72 horas o resultado da perícia sobre o incêndio de grandes proporções que atingiu a Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), neste sábado, 28. 

Em entrevista coletiva na manhã deste domingo, 29, o presidente da Casa, deputado Ângelo Coronel, afirmou que vai solicitar ao governo do Estado um delegado especial para acompanhar as investigações. 


Coronel preferiu não se pronunciar sobre a possibilidade do incêndio ter sido provocado de forma criminosa. "Não quero ser leviano, vamos aguardar a perícia", disse. 

O fogo começou no terceiro andar do prédio, que passava por reforma, por volta de 15h. Neste pavimento, funcionava o setor financeiro e de recursos humanos, assim como a sala de ex-deputados da Casa e da União de Vereadores da Bahia. Por conta da intensidade, as chamas alcançaram o quarto andar e o teto da Assembleia, que era de fibra de vidro.  


Ninguém estava no local na hora do incêndio. Por conta disso, não houve registro de feridos. A informação inicial é de que um curto-circuito tenha provocado o incêndio, mas a confirmação só será possível após uma perícia no local.  O Corpo de Bombeiros foi enviado ao local e conseguiu debelar as chamas cerca de duas horas após o início do incêndio. 


Reforma

Segundo Ângelo Coronel, a última reforma na parte elétrica do prédio foi realizada em 1994, na gestão de Antônio Imbassahy.

O presidente da Assmbleia disse ainda, durante a coletiva, que todos os documentos de sua gestão estão digitalizados, mas não soube informar sobre as gestões passadas.  Mesmo com os prejuízos materiais, os trabalhos na Casa vão prosseguir normalmente.



Fonte: A Tarde

Comentários:

ATENÇÃO: Cada comentário representa a opinião pessoal do leitor. O Jacobina Notícias respeita totalmente seu direito fundamental à liberdade de expressão, sinta-se a vontade. No entanto, comentários ofensivos ou com xingamentos podem ser removidos sem aviso prévio.
Tecnologia do Blogger.