Header Ads

Anderson Silva sente lesão, perde para Cannonier e sai chorando do UFC 237


Mais uma vez, Anderson Silva foi derrotado pelo seu próprio corpo. Lutando em casa, no Rio de Janeiro, o Spider até vinha fazendo um bom primeiro round contra Jared Cannonier, mas tomou um chute na perna direita e caiu imediatamente no octógono reclamando de uma lesão. O juiz interrompeu a luta na hora. Depois, ainda no octógono, deu para perceber o brasileiro falando 'Quebrou, quebrou' para o seu staff.

"Desculpa, galera. Eu já estava com o joelho machucado, tomei um chute em cima e não deu para segurar. Desculpa, desculpa!", disse, ainda no octógono.

Ele acabou saindo carregado e chorando. É a segunda vez que um combate de Anderson termina de maneira trágica. Em 2013, ele quebrou a perna esquerda em luta que ninguém se esquece contra Chris Weidman.

Aos 44 anos de idade, Anderson Silva ainda tem mais duas lutas em seu contrato. Mas, dependendo da gravidade da contusão, pode ser que essa tenha sido a sua última aparição.




ESPN