Messi é expulso, mas Argentina vence o Chile e fica em 3º na Copa América


A Argentina ficou com o terceiro lugar da Copa América. Em um jogo marcado pela expulsão de Lionel Messi, a "Albiceleste" bateu a "La Roja" por 2 a 1 na tarde deste sábado (6), na Arena Corinthians. Aguero e Dybala marcaram para a Argentina, enquanto Vidal descontou. 

O primeiro gol surgiu logo aos onze minutos do primeiro tempo. Após rápida cobrança de falta de Messi, Aguero driblou o goleiro e empurrou para a rede. Aos 21, os argentinos voltaram a fazer a festa. Lo Celso deu passe em profundidade para Dybala, que tocou por cima de Arias e saiu para o abraço.


O lance mais polêmico do jogo foi aos 36 da primeira etapa. Após bola dividida na linha de fundo, Messi e Medel trocaram trombadas e os dois foram expulsos. No segundo tempo, Lo Celso derrubou Aránguiz na área e o juiz marcou pênalti com auxílio do VAR. Vidal cobrou e diminuiu aos 13 minutos. 

A Argentina do técnico Lionel Scaloni teve a seguinte escalação: Armani; Foyth, Otamendi, Pezzella e Tagliafico; Paredes, De Paul e Lo Celso (Funes Mori); Dybala (Di Maria), Messi e Agüero (Matias Suárez).

Já o Chile de Reinaldo Rueda atuou com Arias; Isla, Jara (Maripán) , Medel e Beausejour; Diaz, Pulgar, Aránguiz (Castillo) e Vidal; Alexis Sánchez (Junior Fernandes) e Vargas. A decisão da Copa América será neste domingo (7), às 17h, no Maracanã, entre Brasil e Peru.