Jacobina: Ronda Maria da Penha prende homem por descumprir medida protetiva


Na tarde desta segunda-feira (6), policiais militares da Ronda Maria da Penha da 24ª CIPM, foram acionados por uma senhora de 52 anos de idade, a qual passou a relatar que estava sendo ameaçada pelo seu ex-companheiro, um senhor de 67 anos de idade, que estava na condição de preso da justiça há quase um ano por descumprimento de Medida Protetiva de Urgência e foi solto no último dia 31 de março.

Segundo relato da vítima, este homem, no momento de sua prisão, a ameaçou de morte assim que saísse da prisão, e desde a sua liberação aparece nas proximidades de sua residência localizada no Povoado do Genipapo em Jacobina, descumprindo assim, pela segunda vez, a medida protetiva que ainda se encontra em vigor.

Munidos das informações, os policiais militares oriundos da Ronda Maria da Penha, com o apoio de Policiais Militares do 2º Pelotão, todos pertencentes da 24ª CIPM, foram até o endereço para averiguar a denúncia onde foi constatado o fato. O denunciado foi flagrado no quintal da residência da vítima e, ao avistar os Policiais, tentou se evadir pelos fundos, não logrando êxito.

Ao infrator da lei fora dada voz de prisão e apresentado na sede da 16ª Coorpin, em Jacobina, onde o delegado plantonista procedeu com a lavratura do flagrante delito.

“A Ronda Maria da Penha é uma realidade na cidade de Jacobina e alcança, inclusive, ações que não fazem parte da sua rotina. E isso nos encoraja a continuar com este trabalho. Em tempo, parabenizo aos policiais militares da Ronda Maria da Penha e do 2º Pelotão na exitosa ação, onde um provável feminicídio fora evitado", disse o Major PM Flailton Oliveira, Comandante da 24ª CIPM.

Vitor Costa - Subtenente PM
Secom 24ª CIPM