Contra o coronavírus, toque de recolher começa a valer em Itabuna

Tráfego será interrompido em alguns pontos e cidade terá barreiras de fiscalização

A prefeitura de Itabuna, no sul da Bahia, publicou na terça-feira (12) o decreto que proíbe circulação e permanência de pessoas em parques, praças e ruas entre às 20h e às 5h. A medida já está em vigor e assim permanecerá até 21 de maio, informa o documento.

O decreto diz que as pessoas devem ficar em casa durante o período determinado como uma tentativa de conter o avanço do novo coronavírus na cidade.

Durante o toque de recolher, só estão autorizados a funcionar farmácias, delivery de alimentação e medicamentos, unidades de saúde e delegacia. Os motoboys que fazem as entregas devem ser cadastrados para que não descumpram o decreto.

Lojas, escritórios, postos de combustível e até serviços listados como essenciais (padarias, mercados, lojas de conveniência, lotérica) devem ficar fechados no período. O expediente dessas empresas deve ser adequado para seguir o decreto, dando tempo para que os empregados cheguem em casa antes do toque de recolher começar. Postos que ficam nas BR-110 e BR-415 podem ficar abertos por estarem fora do centro urbano.

A pessoa flagrada na rua no horário do toque de recolher deve comprovar que se tratava de uma emergência - como por exemplo deslocamento para atendimento de saúde. O descumprimento da medida pode implicar em apreensão de veículos e condução forçada da pessoa pelas autoridades municipais.

A limitação não se aplica a servidores públicos no desempenho da função, nem a profissionais ligados à Secretaria Municipal de Saúde e à Secretaria Municipal de Assistência Social, por conta da natureza dessas atividades.

Trânsito

Outra medida da prefeitura que também vale a partir de hoje é no trânsito. Ficarão fechados tráfego nas avenidas Beira-Rio e Princesa Isabel, a partir do 2º semáforo e até a rua do Paty. Na Avenida Cinquentenário, o trânsito segue interrompido.

Barreiras de fiscalização serão instaladas nos bairros da Califórnia/Fátima, São Caetano, Mangabinha, Conceição e Santo Antônio.

Itabuna registra 353 casos da covid-19 e tem um dos maiores coeficientes de infectados por milhão de habitantes na Bahia. Segundo boletim da Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), oito pessoas morreram na cidade com o novo coronavírus. 

Correio da Bahia