Diversas pessoas se impressionaram com um clarão no céu baiano na noite desta segunda-feira, 23. O fenômeno não passa de um foguete lançado pela China na superfície lunar. O objetivo de ser a primeira nação a trazer de volta rochas lunares e amostras de solo em mais de quatro décadas.

A passagem do foguete pôde ser vista em vários municípios do Ceará, Rio Grande do Norte, Piauí e Bahia. Ao portal G1, o astrônomo Dennis Weaver explica que a "nuvem" brilhante que apareceu no céu "é a ejeção dos gases de queima que dão o empuxo para o foguete sair da Terra com missão para a Lua".

A confirmação de que se trata de uma aeronave chinesa, segundo o astrônomo, é possível com cruzamento de informações com a rota do foguete.

É a primeira tentativa de trazer de volta rochas lunares desde 1976 e da missão não tripulada Luna 24, realizada com sucesso pela antiga União Soviética.

A sonda chinesa deve pousar na Lua no final de novembro. A devolução das amostras à Terra deve ocorrer no começo ou em meados de dezembro.

Não é a primeira vez que a China lança uma espaçonave para a Lua. As missões Chang'e 3 (em 2013) e Chang'e 4 (iniciadas em 2018) já conseguiram pousar na lua dois pequenos robôs de controle remoto, os chamados "Coelhos de Jade".

A Tarde

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem