Na Amazônia, o fogo aumentou 121% em outubro em relação ao mesmo mês em 2019. Enquanto isso, o Pantanal teve o seu pior outubro de incêndios já registrado, segundo dados do Programa Queimadas, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Foram registrados 17.326 focos de queimada no último mês. Em outubro de 2019, foram 7.855 - menor valor que havia sido registrado no bioma. É o segundo pior outubro de queimadas da Amazônia dos últimos dez anos, atrás apenas de 2015, com 19.469 focos de calor.

O fogo no Pantanal e na Amazônia tem origem humana e é normalmente ligado ao desmatamento. A situação é agravada porque o bioma passa pela pior seca dos últimos 60 anos. Em outubro, foram 2.856 focos de calor, um aumento de 17% em relação ao mesmo mês de 2019.

A Tarde

Comentários

Postagem Anterior Próxima Postagem