Header Ads

Homem é condenado a 19 anos de prisão por ter matado a mulher em Juazeiro

Dijair Silva, de 55 anos, foi condenado a 19 anos de prisão, nesta sexta-feira (17), por ter matado a mulher a facadas em outubro do ano passado. O crime ocorreu na cidade de Juazeiro, norte da Bahia. Dijair estava preso na penitenciária do município. Ele foi acusado de matar Marineuza Ferreira Costa, de 54 anos.



O julgamento foi realizado na a sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), porque o fórum da cidade está em reforma. O júri foi formado por quatro homens e três mulheres. O filho da vítima, Magnailton Ferreira, esteve no local para acompanhar o julgamento. "Eu tenho fé em Deus que tudo que aconteceu com minha mãe ele vai pagar, porque a pessoa que chega a deferir mais de doze facadas, essa pessoa, com certeza, tem a intenção de matar", disse.



Amigos e parentes de Marineuza foram até o local onde ocorreu o julgamento e exibiram faixas pedindo o fim da violência contra as mulheres. Segundo a família da vítima, Dijair já tinha um histórico de violência e sempre batia na mulher. "Queremos justiça, porque nós somos mulheres e queremos respeito. No momento, ele [acusado] merece cadeia", disse a professora Maria Gorete Rebelo.


Comentários:

ATENÇÃO: Cada comentário representa a opinião pessoal do leitor. O Jacobina Notícias respeita totalmente seu direito fundamental à liberdade de expressão, sinta-se a vontade. No entanto, comentários ofensivos ou com xingamentos podem ser removidos sem aviso prévio.
Tecnologia do Blogger.