Header Ads

Vitória sofre, sai perdendo, mas aplica virada histórica sobre a Ponte Preta

Foi com garra, muito sofrimento e até com clima de guerra após invasão de torcida ao campo. Mas o Vitória venceu a Ponte Preta depois de ter ido para o intervalo perdendo por 2x0. O Leão surpreendeu o adversário mais uma vez, virou o jogo pra cima da Ponte Preta no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas-SP.



O Leão não começou bem, levou dois gols no primeiro tempo e foi para o intervalo com poucas esperanças de reverter o resultado. Mas, como no futebol tudo é possível, o milagre da bola aconteceu. Depois de ficar com um jogador a mais na partida, após o zagueiro da Ponte ser expulso por ato antiesportivo, o Leão foi com todas as forças para cima da Macaca.



Vitória encurrala a Ponte


Após o escanteio cobrado por Carlos Eduardo, aos 14 minutos do segundo tempo, Danilinho desvia na primeira trave e André Lima diminui o placar para 2x1. Tréllez recebeu a bola na entrada da área, um minuto depois do Leão diminuir o placar, e chutou para o gol. Aranha foi enganado após a bola desviar e parar no fundo das redes. Era o empate do Vitória sobre a Ponte Preta.


Aos 36 minutos do segundo tempo, aconteceu o que nem o torcedor mais otimista acreditava, veio a virada do Leão. Danilinho recebeu a bola em mais um contra-ataque mortal do Vitória e serviu à Tréllez, que só teve o trabalho de empurrar para dentro do gol. Foi o terceiro gol, colocando o Vitória a frente no placar e causando desespero na torcida da Ponte Preta.



Invasão de campo


Pouco depois do Vitória cravar o terceiro gol, já aos 39 minutos, vários torcedores da Ponte Preta forçaram o alambrado e conseguiram invadir o campo no Moisés Lucarelli. Todos os jogadores desceram imediatamente para os vestiários, exceto o goleiro Aranha, da Ponte. A Polícia Militar agiu rapidamente para conter os invasores e, com uso de balas de borracha, conseguiu fazer a multidão de vândalos recuar de volta para as arquibancadas.


A partida foi paralisada por tempo indeterminado. O técnico do Vitória, Vagner Mancini, relatou que alguns jogadores do Leão não tinham condições de retornar para a partida, inclusive por ter sofrido lesões no momento em que corriam para o vestiário. Mancini disse que "Yago e André Lima caíram e sofreram lesões quando corriam para o vestiário". Depois de mais de 30 minutos de paralisação, os árbitros entenderam que não havia mais condições de jogo e deram por encerrada a partida.


O resultado rebaixa a Ponte Preta para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro em 2018. Já o Vitória sobe para 15º na classificação, mas precisa vencer o Flamengo no sábado, 02/12, para escapar do rebaixamento. Um empate contra o Fla também pode salvar o Leão, mas vai depender de uma combinação de resultados.


Fonte: Jacobina Notícias


[youtube https://www.youtube.com/watch?v=Cm2Vh2od5Gs]

Comentários:

ATENÇÃO: Cada comentário representa a opinião pessoal do leitor. O Jacobina Notícias não se responsabiliza pelas opiniões expostas aqui. No entanto, comentários ofensivos ou com xingamentos podem ser removidos.
Tecnologia do Blogger.