Header Ads

Gêmeo doa metade da pele ao irmão que teve 95% do corpo queimado

Um gêmeo francês se voluntariou a doar metade da própria pele para salvar o irmão que teve 95% do corpo queimado em um acidente de trabalho. O procedimento é considerado, até o momento, o maior transplante de pele já realizado.



Citando o jornal britânico The Telegraph, a BBC publicou que a equipe médica do hospital Saint-Louis, em Paris, teve as esperanças pela recuperação de Franck Dufourmantelle, de 33 anos, renovadas ao saber que ele tinha um gêmeo, Eric.


"Um paciente com queimaduras graves morre quando sua própria pele o envenena", explicou Maurice Mimoun, chefe de cirurgia plástica do Saint-Louis. Segundo ele, a compatibilidade do procedimento não estava mais em questão pois "é como se a pele do irmão fosse a dele próprio."


A primeira de uma série de dez cirurgias foi realizada em setembro de 2016, uma semana depois do acidente. "Foi Eric quem disse aos médicos que queria me doar sua pele", detalhou Franck. Foram pelo menos quatro meses de internação e os enxertos, inseridos com um equipamento especial, foram extraídos do couro cabeludo, costas e coxas de Eric.


Meses depois, Franck deu os primeiros passos e agora faz tratamento de reabilitação. "Não fiz isso por desespero, mas para termos esperança", contou Eric, segundo a BBC.


Comentários:

ATENÇÃO: Cada comentário representa a opinião pessoal do leitor. O Jacobina Notícias não se responsabiliza pelas opiniões expostas aqui. No entanto, comentários ofensivos ou com xingamentos podem ser removidos.
Tecnologia do Blogger.