Header Ads

Ex-militar do Exército é preso por tráfico de armas


Pelo menos dez pessoas, um deles o ex-militar Mauro de Souza Ferreira, já foram presas durante a operação "Shooter" (atirador, em inglês), realizada na manhã desta sexta-feira (23), no Distrito Federal. Para a ação, que visa combater o esquema de tráfico de armas no estado, foram convocados 180 policiais civis, que cumprem 22 mandados de prisão e 43 de busca e apreensão.

De acordo com informações do G1, para dar suporte à operação, foi providenciado um helicóptero. Entre os alvos, conforme a corporação, há militares ativos e ex-militares do Exército. Além de Cruzeiro, Santa Maria, Jardim Botânico, Guará, Gama, ainda estão sendo cumpridas buscas e apreensões em Valparaíso de Goiás e Novo Gama.

As investigações, que começaram há cerca de quatro meses, também apontam como alvo da ação colecionadores que teriam adquirido armas ilegais de traficantes. Ainda segundo a reportagem, os pedidos de prisão valem por cinco dias, que podem ser prorrogados.

Notícias ao Minuto

Comentários:

ATENÇÃO: Cada comentário representa a opinião pessoal do leitor. O Jacobina Notícias respeita totalmente seu direito fundamental à liberdade de expressão, sinta-se a vontade. No entanto, comentários ofensivos ou com xingamentos podem ser removidos sem aviso prévio.
Tecnologia do Blogger.