Header Ads

Polícia Civil prende acusado de matar adolescente em Jacobina


Policiais civis dos núcleos de Homicídios e Crimes contra o Patrimônio - da 16ª Coorpin/Jacobina -, sob o comando do Dr. Eduardo Brito, prenderam, no final da tarde de quinta-feira, 8, Alexandro Silva de Jesus, 20 anos, natural de Jacobina conhecido como 'Alex da Malhadinha'. Aléx foi preso em sua residência, no povoado da Malhadinha de Fora, em Jacobina, após uma investigação rápida que elucidou o crime que vitimou Davi Santos Silva, 17 anos, no bairro da Jacobina IV, morto a tiros por dois homens em uma moto.

Alexandro Silva de Jesus, o Alex da Malhadinha, atraiu o adolescente por telefone e o executou com vários tiros. Ele confessou o crime e apontou o comparsa que participou do homicídio (Foto: Polícia Civil)
Segundo as investigações, Alex, réu confesso do crime, e um comparsa que está sendo procurado, marcam um encontro com Davi via celular para tratar do pagamento de uma dívida de entorpecentes no valor de R$ 200, mais na realidade o encontro já era uma ordem para execução do jovem e um possível teste para a inclusão de Alex em uma suposta facção criminosa que recruta jovens em toda região de Jacobina. Em seu depoimento, Alex confirma versão dizendo que, após ao crime, iria esperar a avaliação de sua inclusão na suposta facção.

Conforme a polícia, Alex e o comparsa chegaram ao local marcado em uma moto Factor de cor preta e executaram a vítima com vários tiros , utilizando um pistola 9mm e um revólver calibre 32. Armas que, segundo o autor, foram levadas pelo comparsa na fuga. Ainda segundo a polícia, Alex confessou que junto ao comparsa foragido realizou vários assaltos a transeuntes em Jacobina, realizando a subtração de celulares. Os núcleos de investigação da Polícia Civil estão realizando o mapeamento dos crimes praticados pela dupla.

Segundo a polícia, o assassinato de Davi Santos Silva, 17 anos, foi acerto de contas por dívida de droga (Foto: Reprodução/Redes Sociais)
Segundo a delegada territorial de Jacobina, Dra. Manuela Rodrigues, o número de jovens envolvidos em crimes cresce a cada dia na região de Jacobina. Fascinados por promessas mentirosas e ilusões temporárias, eles sedem a convites e se tornam mulas de associações criminosas se inserindo no mundo do crime em um caminho sem volta.

Alex foi autuado em flagrante delito pelo delegado plantonista, Damião Gomes de Lacerda, enquadrado em homicídio e suas qualificadoras. Ele permanece preso,  à disposição da Justiça, no Complexo Policial de Jacobina.

Informações da 16ª Coorpin

Comentários:

ATENÇÃO: Cada comentário representa a opinião pessoal do leitor. O Jacobina Notícias não se responsabiliza pelas opiniões expostas aqui. No entanto, comentários ofensivos ou com xingamentos podem ser removidos.
Tecnologia do Blogger.