Header Ads

Prefeitura de Jacobina nega que gastará mais de R$ 300 mil em doces: "cotação de preço"


A prefeitura de Jacobina, no Piemonte do Itapicuru, negou que fará a compra de mais de R$ 300 mil em doces e bexigas [balões] neste ano. A informação foi divulgada no Diário Oficial do Município da segunda-feira (5). Em resposta, a administração de Luciano da Locar (DEM) declarou que o montante é “uma cotação, e não compra de doces diversos, diferentemente do que foi sugerido nas mídias sociais”. 

A gestão local disse que não fez ainda a aquisição do material, e caso faça, informou que “pagará o que utilizar”. Entre os itens anotados, consta a aquisição de 8 mil caixas de pirulitos, ao valor de R$ 86 mil, valor subtraído à compra de feijão carioquinha, que custará cerca de R$ 52 mil. 

No entanto, diz a prefeitura, há um desconhecimento sobre a tomada de preço. Ainda segundo a prefeitura, o procedimento que gerou polêmica se parece com o que ocorreu no ano passado em relação ao fornecimento de pão, que tinha previsão de R$ 1,4 milhão, mas foi gasto R$ 136,4 mil. “Esclarecemos ainda que, os gêneros alimentícios (feijão e arroz) deste pregão, refere-se à Assistência Social (Peti) que assegura também convênios com Organismos Não Governamentais”.

Fonte: Bahia Notícias

Comentários:

ATENÇÃO: Cada comentário representa a opinião pessoal do leitor. O Jacobina Notícias não se responsabiliza pelas opiniões expostas aqui. No entanto, comentários ofensivos ou com xingamentos podem ser removidos.
Tecnologia do Blogger.