Header Ads

Apoiadores impedem Lula de deixar sindicato; Gleisi diz que PF deu meia hora


Depois de confirmar em discurso que decidiu se entregar à Polícia Federal, Lula passou parte da tarde dentro do Sindicato dos Metalúrgicos, ao lado de familiares e amigos. Por volta das 17h, saiu em direção à garagem e, ao entrar em um carro, foi cercado por apoiadores que são contrários à rendição e querem impedir sua saída.

Grupos de militantes cercam as duas saídas do prédio. O ex-presidente desceu do carro, pareceu conversar com alguns manifestantes, gesticulando como que pedindo calma, e voltou ao interior do edifício - conforme imagens aéreas transmitidas pela Globo News. Lula abanou de uma das janelas no alto do edifício.

Gleisi Hoffmann e representante do MST disseram que, como os militantes, também gostariam de impedir prisão de Lula. Mas alertam que houve negociação com a Polícia Fedearal e o combinado seria de que ele se entregasse em meia hora.

Estadão Conteúdo

Comentários:

ATENÇÃO: Cada comentário representa a opinião pessoal do leitor. O Jacobina Notícias respeita totalmente seu direito fundamental à liberdade de expressão, sinta-se a vontade. No entanto, comentários ofensivos ou com xingamentos podem ser removidos sem aviso prévio.
Tecnologia do Blogger.