Header Ads

Plenária #LulaLivre consolida mobilização popular em Jacobina, diz Galo


A Plenária regional #LulaLivre, organizada em Jacobina pelos deputados Marcelino Galo, Jorge Solla e pelo ex-deputado Amauri Teixeira em parceria com o Comitê que defende a liberdade do ex-presidente, nesta sexta-feira (27), reuniu, segundo estimativa dos organizadores, 240 pessoas dos municípios que formam o território do Piemonte da Diamantina, entre lideranças rurais e urbanas da região.  Os deputados prometem percorrer o Estado com plenárias para "organizar a luta popular contra o alastramento do golpismo" e por democracia.  O evento, realizado na Associação Comercial e Industrial de Jacobina (ACIJA), na opinião de Galo, fortalece e consolida a mobilização popular no território em defesa da liberdade do ex-presidente Lula. 


“A sociedade democrática de Jacobina, Miguel Calmon, Caém e toda região já compreendeu a natureza e o objetivo do golpe. Compreende, também, que o presidente Lula foi encarcerado pelo que representa para o Brasil, para a classe trabalhadora e para a população mais pobre. Todo projeto que buscou fortalecer nosso país, a partir do tripé soberania, democracia e justiça social, foi interrompido de maneira abrupta por vias antidemocráticas”, afirmou Marcelino, recordando as rupturas que levaram a deposição de João Goulart e Dilma Rousseff e ao suicídio de Getúlio Vargas. 

Para o deputado Jorge Solla, há um “sentimento crescente” na população de que a condenação de Lula foi política para tirá-lo das eleições de outubro. "As fotos do triplex que o MSTS tirou devassaram pra todo o planeta que não houve reforma, não há nem de longe R$ 1,2 milhão em móveis e eletrodomésticos num moquifo apertado que nunca foi de Lula. A manipulação de Moro, todo mundo sabe, tinha o objetivo de tirar da população a chance de eleger um presidente de esquerda e desfazer o desmonte do estado brasileiro. Lula livre é Lula presidente", destacou.


O ex-deputado Amauri Teixeira analisou que o “aprofundamento do golpe” acirrou a luta de classes no Brasil na medida em que encarcerou "um ex-presidente de origem operária e nordestina" para garantir a manutenção dos privilégios dos ricos, o lucro fácil do mercado financeiro em detrimento dos direitos e conquistas sociais históricas dos mais pobres. “Jacobina compreende e sofre os efeitos desse aprofundamento. Por isso, quer a democracia de volta e exige a liberdade de Lula”, enfatiza. “Com essa mobilização ganhando força em todo Brasil vamos conseguir, sim, libertar o presidente Lula e restabelecer plenamente a democracia em nosso país”, disse. Também participaram do ato representantes do PC do B, do PSB, os vereadores de Jacobina, Capim Grosso e de Andorinha, respectivamente, Martins, Nego do Lagedo e Edinaldo de Andorinha, movimentos sociais e populares, além de movimento de mulheres e jovens da região.





Ascom/M Galo

Comentários:

ATENÇÃO: Cada comentário representa a opinião pessoal do leitor. O Jacobina Notícias respeita totalmente seu direito fundamental à liberdade de expressão, sinta-se a vontade. No entanto, comentários ofensivos ou com xingamentos podem ser removidos sem aviso prévio.
Tecnologia do Blogger.