Header Ads

Polícia prende acusado de tráfico, furtos e roubos a residências em Jacobina



Uma operação conjunta dos policiais civis lotados no Núcleo de Combate ao Tráfico de Drogas e de Crimes Contra o Patrimônio da 16ª Coorpin, prendeu, no bairro Lagoinha Nova, em Jacobina, Gilmar Araújo de Souza, 32 anos, conhecido como 'Gil'. Na residência do suspeito, que funciona como ponto de venda de drogas, foram encontradas várias trouxas de maconha prontas para a venda.

Segundos as investigações, Gil, além de ser acusado de tráfico de drogas, é considerado pela polícia o segundo 'Pé de Pano' na pratica de crimes de roubo e furtos a residência. Com uma extensa fica criminal, ele já responde a processos desta modalidade criminal nas cidades de Mundo Novo, Salvador e Jacobina. 

Família refém em Jacobina

Após a prisão, Gil confessou vários furtos e roubos praticados nos bairro Nazaré, Jacobina II e Catuaba, sendo também responsável pelo cárcere privado de uma família no bairro de Nazaré, no mês de março desse ano, onde, após invadir uma residência, manteve a família como refém e subtraiu dinheiro e aparelhos eletrônicos.

Investigação

Segundo a delegada Manuela Rodrigues, a prisão de Gil se deu após levantamento de informações e de traçar um perfil de ação do 'modos operandi', da área de atuação de delitos, entre os bairros Nazaré e Catuaba. 

Ainda segundo a delegada, os policiais civis trabalham diuturnamente na tentativa de identificar os autores dos crimes praticados nos colégios Luiz Eduardo Magalhaes e IFBA, fatos ocorridos na mesma área geográfica. Gil foi autuado em flagrante delito pelo delegado plantonista, Dr. Tarcísio Tulio. O criminoso foi enquadrado no crime de tráfico de drogas e teve sua prisão preventiva decretada pela a Justiça pela pratica de roubo. Ele permanece preso no Complexo Policial de Jacobina, à disposição da Justiça.

Informações da 16ª Coorpin

Comentários:

ATENÇÃO: Cada comentário representa a opinião pessoal do leitor. O Jacobina Notícias respeita totalmente seu direito fundamental à liberdade de expressão, sinta-se a vontade. No entanto, comentários ofensivos ou com xingamentos podem ser removidos sem aviso prévio.
Tecnologia do Blogger.