Header Ads

Bahia marca aos 45 do segundo tempo e bate o Corinthians


Se é Bahia, tem que ser com emoção e com um empurrãozinho da tal mística da Fonte Nova, né? Nesta quarta-feira (13), o tricolor criou muitas oportunidades, mas só furou o bloqueio do Corinthians aos 45 do segundo tempo, com gol de Mena, que encerrou jejum de quatro jogos do time sem vencer nesse Brasileirão. Apesar do triunfo, a equipe segue na zona de rebaixamento, em 17º lugar, atrás do rival Vitória apenas no número de gols marcados.

O primeiro tempo deixou a sensação de que o Bahia perdeu uma enorme chance de fazer um bom placar. Mais agressivo, o tricolor conseguiu sufocar o Corinthians por boa parte dos 45 minutos iniciais, mas esbarrou em uma boa atuação do goleiro Walter e na falta de pontaria.

Primeiro, Kayke perdeu duas belas oportunidades. Uma após cruzamento de Nino Paraíba e outra em cobrança de falta. Zé Rafael perdeu outra, quando o zagueiro Pedro Henrique tirou em cima da linha. 

O tricolor também arriscou com chute de Régis, que o goleiro alvinegro espalmou, e Zé Rafael, que estava muito bem na criação, mas com o pé pouco calibrado na hora da finalização. Não deu.

O Corinthians só conseguiu se recuperar nos 15 minutos finais. Sempre focado nos contra-ataques, o time paulista não teve nenhuma chance real de gol, mas soube suportar bem a pressão imposta pelos donos da casa.

No segundo tempo, o técnico Cláudio Prates apostou na entrada de Mena na vaga de Élber. E foi o lateral o protagonista das melhores chances de gol. Com cinco minutos de bola rolando, Régis roubou a bola de Juninho Capixaba, cruzou para a área e Mena, que chegou com muita força, perdeu chance de ouro. 

O chileno desperdiçou outro gol incrível aos 13, quando Nino cruzou, Pedro Henrique desviou e Mena, de cara para o gol, carimbou a trave. Haja coração, torcedor.

Antes, Kayke também teve uma chance. Régis rolou a bola e o atacante conseguiu entrar na área adversária, mas se embolou com a defesa alvinegra e caiu. 

O Corinthians apostava no contra-ataque e chegou com perigo com Maycon, travado na hora H por Nino. Foi, inclusive, depois desse lance, que Douglas sofreu uma luxação no braço e precisou ser substituído. O goleiro fará exame hoje para descobrir se há fratura.

Após Walter salvar em finalizações de Zé e de Lucas Fonseca, enfim, aos 45 do segundo tempo, o Bahia foi coroado pela boa partida que fazia. Régis puxou contra-ataque pela direita, abriu para Mena, que encheu o pé e, de três dedos, marcou um golaço na Fonte! Aí foi só amarrar o jogo até o juiz apitar.

O tricolor só volta a jogar pelo Brasileirão no dia 19 de julho, contra a Chapecoense, mas terá agenda cheia durante o Mundial, já que disputa as semifinais da Copa do Nordeste, contra o Ceará. O jogo de ida será no dia 21, no Castelão. A volta é dia 26, na Fonte Nova.

Fonte: Correio

Comentários:

ATENÇÃO: Cada comentário representa a opinião pessoal do leitor. O Jacobina Notícias respeita totalmente seu direito fundamental à liberdade de expressão, sinta-se a vontade. No entanto, comentários ofensivos ou com xingamentos podem ser removidos sem aviso prévio.
Tecnologia do Blogger.