Header Ads

Cerca de 1200 venezuelanos deixaram o Brasil após agressões


O tumulto registrado nesse sábado (18) em Pacaraima (RR), na fronteira com a Venezuela, fez com que pelo menos 1,2 mil venezuelanos deixassem o Brasil. A informação foi divulgada neste domingo (19) pelo comandante Hilel Zanatta, da Operação Acolhida, que atende imigrantes que entram no país.

"Cerca de 1,2 mil cruzaram a fronteira de volta. Aqui de dentro do posto [de atendimento aos imigrantes] a gente contabilizou 500 pessoas em atendimento, e acreditamos que o restante eram venezuelanos moradores [de Pacaraima] que regressaram a Venezuela por questões de segurança", afirmou o comandante.

A confusão começou na manhã desse sábado (18) após suspeita de que um grupo de venezuelanos teria assaltado e agredido um comerciante de Pacaraima na noite de sexta-feira (17). Em retaliação, moradores atacaram imigrantes e queimaram acampamentos.

A segurança no município foi reforçada pela PM e 60 homens da Força Nacional devem chegar à região na segunda-feira (20). O presidente Michel Temer se reúne com ministros neste domingo (19) para discutir a situação.

Com informações do Notícias ao Minuto

Comentários:

ATENÇÃO: Cada comentário representa a opinião pessoal do leitor. O Jacobina Notícias respeita totalmente seu direito fundamental à liberdade de expressão, sinta-se a vontade. No entanto, comentários ofensivos ou com xingamentos podem ser removidos sem aviso prévio.
Tecnologia do Blogger.