Header Ads

Partidos têm até hoje para registrar candidatos; PT marca ato em Brasília


Termina nesta quarta-feira (15), às 19h, o prazo para que partidos e coligações registrem oficialmente seus candidatos nas eleições deste ano. Se houver candidatos escolhidos em convenção, mas não registrados pelos partidos, eles têm até o dia 20 de agosto para solicitar o registro ao TSE.

A partir de hoje, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) precisa publicar os registros em edital (no máximo até o dia 18), para só depois começar a avaliar quais candidaturas serão consideradas legais ou ilegais.

Para isso, é preciso que os outros partidos, coligações, ou o Ministério Público Eleitoral (MPE) protocolem uma contestação da candidatura em questão.

A principal incerteza das eleições neste ano é a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que está preso em Curitiba (PR), mas deve ter seu registro protocolado por membros do partido ainda hoje.

O Partido dos Trabalhadores (PT) convocou um ato em Brasília para marcar a ocasião. A marcha deve começar às 14h, partindo do Estádio Nilson Nelson, descendo pelo Eixo Monumental até o Itamaraty, onde dobrará à direita e seguirá em linha reta até a sede do TSE.

Por volta das 16h, uma pequena comitiva deve sair do ato para protocolar o registro. A presidente do PT, Gleisi Hoffman, deve voltar para a manifestação e exibir o comprovante aos apoiadores do ex-presidente.

Segundo a Folha de S.Paulo, o Partido Novo, de João Amoêdo, já estava preparando o pedido de impugnação da candidatura de Lula, que hoje lidera as pesquisas de intenção de voto nas quais seu nome é citado.

A partir de amanhã, começa o período oficial de campanha, com permissão para uso de carros de som, entrega de panfletos, propaganda na internet “contanto que não seja paga), bem como realização de comícios e carreatas.

O horário eleitoral gratuito no rádio e na TV começa em 31 de agosto e vai até 29 de setembro.

Candidatos registrados

Até o fim da tarde de ontem, sete candidatos à presidência tinham protocolado os registros no TSE:

- Jair Bolsonaro (PSL);
- João Amoêdo (Novo);
- Ciro Gomes (PDT);
- Cabo Daciolo (Patriota);
- Geraldo Alckmin (PSDB);
- Vera Lúcia (PSTU);
- Guilherme Boulos (PSOL).

Com informações de EXAME

Comentários:

ATENÇÃO: Cada comentário representa a opinião pessoal do leitor. O Jacobina Notícias não se responsabiliza pelas opiniões expostas aqui. No entanto, comentários ofensivos ou com xingamentos podem ser removidos.
Tecnologia do Blogger.