Header Ads

Central Estadual de Regulação passa a disponibilizar mais de 800 leitos hospitalares


A Central Estadual de Regulação (CER) passa a contar com mais de 800 leitos hospitalares. O resultado provém de ações simultâneas realizadas pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Segundo o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, a inauguração do Centro de Hemodiálise do Subúrbio possui 206 leitos ocupados que estão sendo liberados, equivalente a abertura de um novo hospital de médio porte.

O programa estadual de internação docimiliar, que foi implantado há quatro meses, retirou mais de 300 pacientes crônicos dos hospitais da Bahia, que hoje são atendidos por equipes contratadas pela Sesab. Já o setor de ortopedia possui cerca de 300 pacientes que atualmente estão na fila da regulação pela realização de procedimentos cirúrgicos. Os 46 leitos de enfermaria inaugurados no Hospital Geral do Estado (HGE), são exclusivos para o pós-operatório imediato de cirurgias ortopédicas e também serão abertos 102 leitos no Hospital Alayde Costa, fazendo o acompanhamento até o paciente obter alta. O setor poderá realizar mais de 500 cirurgias por mês, além das que já ocorriam.

O foco é reduzir a espera por procedimentos ortopédicos que ocorria com mais de dois dias e também focar para que a rede estadual possa atender, em até 24h, as demandas de cirurgia desta área.

Nova sede da Central de Regulação é inaugurada

A nova sede da Central Estadual de Regulação foi inaugurada no início de setembro. No local serão disponibilizados 250 profissionais, entre médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem. A unidade fica situada no segundo andar do prédio anexo do Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), no Cabula.

Em 2019 há previsão de entrega da Central Integrada de Comando e Controle da Saúdde do Estado da Bahia, que tem o investimento superior a R$ 7,7 milhões. A unidade ficará localizada no Centro Administrativo da Bahia (CAB) e abrigará a nova CER, que engloba pedidos de exames, avaliações com especialistas, internações (enfermaria e UTI) e procedimentos cirúrgicos dos 471 municípios baianos.

Este equipamento receberá a central de inteligência da saúde, que tem como foco monitorar e acompanhar todas as unidades.

A Tarde

Comentários:

ATENÇÃO: Cada comentário representa a opinião pessoal do leitor. O Jacobina Notícias respeita totalmente seu direito fundamental à liberdade de expressão, sinta-se a vontade. No entanto, comentários ofensivos ou com xingamentos podem ser removidos sem aviso prévio.
Tecnologia do Blogger.