Header Ads

Jovem natural de Jacobina é morto a facada em Minas Gerais

A vítima Gilmário (à esquerda), natural de Jacobina, e o assassino Cícero Roseno (à direita)
O trabalhador rural Gilmário Pereira da Silva, 19 anos, natural do distrito de Lages do Batata, no município de Jacobina, localizado ao norte da Chapada Diamantina, na Bahia, morreu neste domingo (19) após ser esfaqueado na cidade de Frutal, no estado de Minas Gerais, onde estava residindo com a esposa.

O crime foi registrado pela Polícia Militar por volta de 5h20, em um condomínio na rua Dante Heitor de Assunção, 227, no bairro Frutal II. A vítima chegou a ser socorrida com vida, mas morreu pouco tempo depois de dar entrada no Hospital Frei Gabriel.

Conforme a ocorrência na registrada pela polícia, Gilmário foi golpeado no pescoço enquanto dormia em seu quarto, situado no interior do condomínio. No local ocorria uma confraternização. Ao perceber que o trabalhador havia sido esfaqueado, colegas acionaram o Corpo de Bombeiros, que prestou socorro à vítima. O suspeito do crime, Cícero Roseno da Silva, 21 anos, deixou o local antes da chegada da Polícia Militar.

Horas depois, Cícero da Silva seguiu até a Delegacia de Polícia Civil em Frutal e se apresentou de forma espontânea. Natural de Buíque-PE, ele afirmou em depoimento que esfaqueou Gilmário por temer ser morto pelo mesmo, após ter “passado a mão na bunda” da esposa da vítima. O fato teria ocorrido na presença de testemunhas, que o alertaram da gravidade de mexer com uma mulher casada.

Após prestar depoimento, Cícero da Silva foi encaminhado ao Presídio de Frutal. Em razão da gravidade do caso, o delegado que estava no plantão manifestou pela prisão temporária do autor. Um inquérito foi instaurado e o caso ficará sob a responsabilidade da Divisão de Homicídios da Polícia Civil. A previsão é de ao final do procedimento, a prisão do investigado seja convertida em preventiva.

O corpo de Gilmário está vindo para Lages do Batata, onde reside a maior parte de sua família, principalmente no povoado de Xororó, terra dos seus pais e onde a vítima residia antes de ir para Minas Gerais. ( Blog Jacobina 24 Horas com informações do Portal Online).

Comentários:

ATENÇÃO: Cada comentário representa a opinião pessoal do leitor. O Jacobina Notícias não se responsabiliza pelas opiniões expostas aqui. No entanto, comentários ofensivos ou com xingamentos podem ser removidos.
Tecnologia do Blogger.