Header Ads

Mulher matou família após demonstrar interesse em marido da vítima, diz polícia


Elisângela Almeida de Oliveira, suspeita de envenenar e matar uma mãe e as duas filhas dela na cidade de Maragogipe (distante a 233 km de Salvador), no Recôncavo baiano, teria cometido o crime após ter se interessado pelo marido da vítima. A informação foi divulgada nesta terça-feira, 16, após investigações da Polícia Civil.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA), ela teria demonstrado interesse no marido de Adriane Ribeiro Santos e, após desentendimento entre as duas, envenenou a família. A polícia apurou que Elisângela Almeida utilizou um inseticida de uso agrícola, misturado em alimentos oferecidos às vítimas para realizar o crime.

Mãe e filhas morreram em um intervalo de 15 dias, entre o final de julho e o início de agosto, depois de apresentarem mal-estar com os mesmos sintomas. O cachorro de estimação das vítimas também não resistiu ao envenenamento. O pai das crianças, identificado como Jefferson Brandão, é o único sobrevivente.

Elisângela e companheiro dela, Valci Boaventura Soares, estão presos desde a última quinta-feira, 11, quando a polícia cumpriu um mandado de prisão temporária contra o casal. Ainda segundo a SSP, o dois vinham coagindo testemunhas e destruindo provas que poderiam revelar seu envolvimento nas mortes. 



Fonte: A Tarde

Comentários:

ATENÇÃO: Cada comentário representa a opinião pessoal do leitor. O Jacobina Notícias não se responsabiliza pelas opiniões expostas aqui. No entanto, comentários ofensivos ou com xingamentos podem ser removidos.
Tecnologia do Blogger.