Header Ads

Trem atinge multidão e deixa ao menos 59 mortos na Índia


Um trem de passageiros viajando a alta velocidade atingiu nesta sexta-feira um grande grupo de pessoas que estavam sentadas nos trilhos no norte da Índia e matou ao menos 59 pessoas, afirmaram autoridades do governo sobre o pior desastre ferroviário do ano na Índia.

Gravações de câmeras de vídeo no local mostraram que centenas de pessoas estavam reunidas para assistir à queima de uma efígie como parte da celebração do festival Dusshera, quando um trem de passageiros atravessou a multidão.

"Temos 59 mortos confirmados. O número pode subir", disse o chefe da polícia local Suresh Arora à Reuters, acrescentando que autoridades ainda estão tentando se certificar sobre a extensão do desastre, ocorrido nos arredores de Amritsar, no Estado de Punjab.

Uma testemunha da Reuters no local viu corpos de vítimas espalhados próximos ao trilho do tem, familiares e amigos ao redor dos corpos em estado de choque, muitos chorando e desolados.

Uma autoridade na sala de controle da polícia disse que é difícil confirmar o número de mortos, uma vez que havia partes de corpos espalhadas ao redor.

A agência local de notícias ANI, parceira da Reuters, reportou que o médico-chefe do Hospital Civil em Amritsar disse que 60 pessoas morreram e ao menos 51 pessoas ficaram feridas. A Reuters não pôde confirmar imediatamente esse número.

A polícia informou que foi um acidente imprevisível, já que as pessoas não puderam ouvir o trem se aproximando em meio às festividades e fogos de artifício.

O ministro chefe de Punjab, Amarinder Singh, disse estar a caminho da cidade de Amritsar, para supervisionar as operações de auxílio e resgate.

"Autoridades do distrito foram mobilizadas a pé de guerra", escreveu Sign no Twitter.

Fonte: Reuters

Comentários:

ATENÇÃO: Cada comentário representa a opinião pessoal do leitor. O Jacobina Notícias não se responsabiliza pelas opiniões expostas aqui. No entanto, comentários ofensivos ou com xingamentos podem ser removidos.
Tecnologia do Blogger.