Header Ads

Temer deixa prisão após Justiça expedir alvará de soltura


Um dia após o Superior Tribunal de Justiça (STJ) conceder, por unanimidade, um habeas corpus ao ex-presidente Michel Temer (veja aqui), o emedebista deixou o Comando de Policiamento de Choque da Polícia Militar de São Paulo. Temer deixou a prisão por volta das 13h30 desta quarta-feira (15). 

Segundo informações da Folha de S. Paulo, a soltura foi determinada no final da manhã de hoje pela juíza Caroline Figueiredo, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio. Caroline é substituta do juiz Marcelo Bretas, titular da vara responsável por decisões sobre a custódia do ex-presidente. 

Ela também autorizou a libertação do coronel João Baptista Lima Filho, amigo de Temer e apontado como operador de propina dele. Os dois voltaram à prisão na última quinta (9) após ter o habeas corpus revogado pelo Tribunal Regional Federal da 2º Região. 

Inicialmente, os dois foram presos por ordem do juiz Bretas, em março. O magistrado julgou procedente a acusação do Ministério Público de que um grupo liderado por Temer foi responsável por desvios de até 1,8 bilhão em contratos firmados com a estatal Eletronuclear e as empresas Argeplan, AF Consult e Engevix .

Bahia Notícias