Rui cogita não ir à inauguração do aeroporto de Conquista para evitar 'hostilidade'


O governador da Bahia, Rui Costa (PT), cogita não ir à inauguração do aeroporto de Vitória da Conquista para evitar ser "hostilizado", segundo apurou o Bahia Notícias. O evento, que terá a presença do presidente Jair Bolsonaro (PSL), está previsto para acontecer nesta terça-feira (23).

De acordo com a cúpula do Palácio de Ondina, o petista baiano vai esperar uma "sinalização" do governo Bolsonaro e a decisão sobre a presença ou não do governador só deve acontecer nesta segunda-feira (22).

Governistas dizem que esperam um "evento republicano e administrativo" mas, segundo eles, o prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão (MDB), estaria preparando um "ato político" contra Rui. Segundo governistas, o emedebista mandou retirar outdoors da gestão petista sobre o novo aeroporto.

Mais cedo, o líder do governo na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Rosemberg Pinto (PT), tinha defendido que o chefe do Palácio de Ondina não fosse para a inauguração. O deputado petista contou que dos 300 convidados, Rui só poderia chamar 70 pessoas. Os demais convites seriam distribuídos entre bolsonaristas para, segundo ele, "vaiar" o governador.

Por Rodrigo Daniel Silva