Técnicos vistoriam barragens e adotam medidas para evitar novos rompimentos


Uma semana após o rompimento da barragem que fica no povoado de Quati, em Pedro Alexandre, a cerca de 435 km de Salvador, técnicos da Defesa Civil e equipes do Corpo de Bombeiros vistoriaram um complexo de açudes que ficam na zona rural da cidade.

No total, cinco barragens foram examinadas. Com a análise, os especialistas constataram que duas delas estão rompidas e as outras três estão com grandes erosões que levam ao risco de rompimento.

Depois da vistoria, a Defesa Civil fez relatórios e começou a tomar providências como reforçar as paredes de contensão das barragens, além dos sangradouros – cavidades por onde as águas de um açude que está cheio escoam.

As medidas fazem parte de um trabalho preventivo, por conta da frente fria que está na Bahia, e deve ficar em Pedro Alexandre até a próxima terça feira (23).

Nesta quinta-feira (18), um grupo de 30 moradores se reuniu para consertar uma estrada de terra, que fica na zona rural de Pedro Alexandre, para facilitar a entrega de doações após o rompimento da barragem.