Sucesso no primeiro Festival de Baleado em Jacobina


A brincadeira que é uma das mais praticadas nas escolas ganhou ares de esporte profissional e agora tem até campeonatos. A queimada, muito jogada na infância e na adolescência por meninas e meninos, também chamado de baleado, levou do colégio para a vida adulta a diversão em forma de esporte e lazer. 

Sábado (23), a quadra do Ginásio de Esportes Paulo Santos Gomes, em Jacobina, sediou o Festival de baleado, tornando a cidade Campeã da competição. O evento idealizado pelo professor e vereador Dibas Jatobá, em parceria com Federação de Baleado da Bahia e o apoio da Prefeitura Municipal de Jacobina, contou com diversas equipes nas categorias masculinas e femininas.

Pela categoria feminina, a campeã foi a equipe UBJ (União Baleado de Jacobina), o vice ficou com a equipe TPM de Santa Bárbara. O terceiro lugar ficou com a equipe Big Girl, de Jacobina. No masculino, o time campeão foi o Cactus de Feira de Santana. O Cactus Juvenil ficou em segundo lugar e o Estrelas Jacobina ficou em terceiro.

Segundo uma das jogadoras do time campeão UBJ, a disputa tenta disseminar ainda mais a modalidade esportiva não apenas como competição, mas também a sua “importância enquanto atividade física empolgante aliada à qualidade de vida, através do estímulo ao fim do sedentarismo e como fonte de terapia e diversão. Afinal, autoestima e sensação de bem estar são indispensáveis ao dia-a-dia das pessoas, por isso agradecemos aos nossos patrocinadores pelo incentivo”, disse uma das atletas.

Até agora, com quatro títulos, a equipe UBJ foi Campeã Baiana 2019, Campeã Quadrangular Jacobinense 2019, Campeã no amistoso em Caem e agora Campeã do festival de baleado Chapada Diamantina. Um time que vem crescendo a cada dia, fazendo com que o esporte venha ser mais valorizado. O time tem fama de ser de peso e de nunca perder, pela dedicação das atletas, alimentando a “rivalidade” com as outras equipes e também servindo de combustível para as próprias jogadoras.