Dicas Mundo do Saber: Saiba como montar um ambiente de estudos ideal para seus filhos

Um ambiente de estudos pensado para uma maior concentração e aproveitamento se torna cada vez mais essencial na vida dos jovens estudantes, visto que as distrações com celulares e outros gadgets podem ser muitas. Será que você e a sua casa estão preparados para auxiliar no desenvolvimento educacional do seu filho?

Mesmo que sejam necessários alguns ajustes, não se desespere. É sempre possível resolver com um pouco de investimento e criatividade. A seguir vamos te contar quais são os itens mais importantes a serem pensados para esse ambiente especial.

Mas antes de começarmos a dica, veja esse recadinho da Escola Mundo do Saber para você!


DICAS

O AMBIENTE DE ESTUDOS DEVE SER SAGRADO
O ideal é que haja um ambiente específico para isso. Mesmo que seu filho possua uma escrivaninha ou bancada de estudos no quarto, é importante que este espaço seja adaptado para os momentos de foco total. Evite que a bancada se torne depósito de roupas ou mesa de refeições. Se possível, crie um cômodo específico para os estudos, como um escritório. Dê preferência para uma peça afastada de outras na casa que emitam excesso de sonoridade ou movimentação.

ERGONOMIA É O COMEÇO DE TUDO
Escolhido o cômodo ou o ambiente da casa, agora é preciso pensar na distribuição e medidas de mesa e cadeira, principalmente. Isso dependerá muito de acordo com a idade e tamanho do seu filho, então especifique estes detalhes para o profissional que vai executar o projeto.

É importante frisar que sentir-se confortável e à vontade pode influenciar no rendimento, mas evite alguns confortos em excesso. Internet ilimitada ou ambientes voltados para o relaxamento podem fazer com que seu filho se distraia do objetivo principal.

CORES E OBJETOS DECORATIVOS NÃO DEVEM CHAMAR ATENÇÃO
Na hora de escolher as cores de paredes e móveis, evite os tons muito intensos que provoquem ansiedade e inquietude. Opte por tons claros e neutros, que estimulem o foco e não instiguem possíveis distrações.

Quanto aos objetos decorativos, é preciso lembrar que a bancada de estudos deve conter apenas os materiais extremamente necessários. Cadernos, livros, canetas, computador e impressora devem estar sempre à mão, numa disposição que permita o fácil acesso.

Hoje em dia, o computador tornou-se uma ferramenta imprescindível. Caso seu filho necessite de um para estudar ou fazer trabalhos, mantenha um controle periódico para verificar se o aparelho está realmente sendo útil ou apenas estimulando distrações.

A ILUMINAÇÃO DEVE DESPERTAR
As luzes amarelas criam uma atmosfera aconchegante, portanto, passe longe delas! Prefira uma iluminação branco-azulada, para ter certeza de que ela não vai relaxar o estudante. A luz natural também é muito importante e considerada a melhor opção. Então, quanto for instalar a bancada de estudos, avalie o posicionamento dos móveis em relação às janelas.

ORGANIZAÇÃO FAZ TODA A DIFERENÇA
A ordem deve prevalecer no espaço de concentração. O ambiente deve estar, sempre, devidamente organizado. Como já falamos acima, a escrivaninha deve conter apenas o essencial. O restante dos objetos deve ter um lugar específico. Gavetas, armários e nichos não podem faltar.

Tente instruir o seu filho para que, após o término dos estudos, ele organize o local. Assim ele vai compreender melhor a função do espaço e vai sempre manter em mente a disciplina que estudar exige.

As informações foram extraídas do Portal Piva Educacional