Bahia investiga doença misteriosa que matou 2 pessoas e deixou 5 internadas


As secretarias de Saúde do Estado (Sesab) e do Município (SMS) estão investigando uma "doença misteriosa" relatada por moradores do bairro de Paripe, em Salvador. De acordo com reportagem veiculada no Bahia Meio Dia, a doença já matou dois adolescentes e deixou cinco pessoas internadas. Todas as pessoas apresentam os mesmos sintomas: febre, dor de cabeça e hemorragia. 

Agentes de saúde e de endemias estiveram na região para aplicar fumacê em algumas casas e ruas próximas. A localidade afetada, de acordo com o site, é o Alto da Muribeca, em São Tomé de Paripe. As vítimas fatais foram Ícaro da Silva Duque, de 19 anos, e Luan Bastos dos Santos, de 15 anos. 

"A gente está querendo entender o que está acontecendo, porque eles não dizem nada. Uns dizem que é dengue, outros dizem que é hemorrágica, outros dizem que é meningite. A gente não sabe causa nenhuma do que está tendo aqui no morro", disse Elena Santos, tia de Ícaro, ao G1.