Calmonense é morto pela polícia em São Paulo após suposta invasão a centro missionário


Abner Oliveira de Santana, 25 anos, morreu em confronto com a polícia na Zona Norte de São Paulo, na manhã desta quarta-feira (5), por volta de 06h30. A Polícia Militar foi acionada para prender um homem que teria invadido um Centro de Missionários, supostamente armado com uma faca. 

Segundo a Polícia Militar, quando os militares chegaram no local, Abner tentou agredi-los e a polícia precisou intervir, baleando o jovem que acabou morrendo no local. O crime aconteceu na Casa Verde, zona norte de São Paulo.

Abner é filho do Pastor Valdir Santana, residente na cidade de Miguel Calmon, na região de Jacobina, onde é bastante conhecido e querido pela população. O Pastor Valdir falou com a redação do Calmon Notícias na noite desta quarta-feira, 5, e contou que sua esposa e mais dois filhos se deslocaram para São Paulo, para o sepultamento de Abner. "Não perdi um filho apenas, perdi um grande colega, um grande biólogo, aprendi muitas coisas com ele", disse o pai de Abner.

O jovem Abner esteve em Miguel Calmon, na casa dos pais, há cerca de 10 dias, mas retornou para São Paulo e estava visitando uma irmã, na capital, onde foi morto. O sepultamento está previsto para o início da noite desta quinta-feira, 06, e acontecerá em Guariba-SP, onde Abner morava com sua avó.

Com informações do Calmon Notícias