Jacobina: Fábrica de calçados ampliará produção e oferta de emprego na cidade

Jacobina terá investimento de R$ 15 milhões e cerca de 70 novas vagas de emprego

Jacobina está entre as cinco cidades que receberão investimentos de empresas. Assim foi a informação divulgada no portal oficial da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), após a assinatura de protocolos de intenções realizada na última quarta-feira (5), que visa a ampliação da fábrica da Freeway e mais cinco outras no estado.

O vice-governador e secretário da pasta, João Leão destacou que todos os protocolos assinados aumentarão significativamente as oportunidades de empregos no interior do estado. “São investimentos excepcionais para o Estado. A Bahia tem tudo para ser o melhor e maior estado da federação brasileira. Nós queremos realmente ter uma grande população e ter um índice elevado de empregos. Estamos cuidando do interior. Todos esses protocolos que nós assinamos aqui são em cidades do interior”, afirmou.

A Freeway Artefatos de Couro está em Jacobina há mais de 20 anos e assinou o protocolo de intenções no valor de R$ 15 milhões para ampliação de sua produção, indo de 1 mil pares/dia para 4 mil. De acordo com informações da assessoria da SDE, os investidores da Freeway planejam iniciar na cidade uma nova linha de produção de cintos e carteiras com 450 peças/dia. Com essas mudanças, a fábrica também ampliará sua oferta de empregos em mais 70 vagas. Atualmente estão colaborando com a empresa 203 pessoas, as quais passam por treinamentos constantes em um centro de capacitação construído em um anexo.

“A produção das novas mercadorias vão suprir o crescimento da demanda. Hoje, 60% da fabricação de calçados é feita na Bahia, nós queremos aumentar a produção de cintos e, com isso, melhorar o nosso negócio aqui e em todo Nordeste. A bota de coturno que produzimos em São Paulo, queremos produzir aqui na Bahia também”, explica Jânio Rodrigues, presidente da Freeway Artefatos de Couro.

Além de Jacobina, Luís Eduardo Magalhães, Camaçari, Feira de Santana e Simões Filho também receberão investimentos de outras fábricas, totalizando o valor de R$ 106,2 milhões e geração de 222 novos empregos diretos.

Igor Fagner - Jacobina Notícias