Jacobinense, policial militar surpreende folião ao pedir-lhe um abraço no carnaval de Salvador

O carnaval de Salvador tem sido tema de debates em diversos grupos, no que se refere a atuação da Polícia Militar no combate à violência. Alvo de críticas lançadas por um artista, policiais testemunham grande parte da população entrar em suas defesas, ao reconhecerem o brilhante trabalho desenvolvido por eles para manter a ordem.

E em meio a uma avalanche de situações que geravam stresse, estava o 1º sargento PM Pádua Belém, jacobinense, lotado na 24ª Companhia Independente da Polícia Militar, com sede em Jacobina. O agente foi elogiado em redes sociais por um folião, após ser surpreendido com pedido de abraço, feito pelo policial. Toda a história começou quando Pádua pediu sua ajuda para traduzir o que um turista estrangeiro falava, confira o post divulgado na página oficial da PMBA: 

Leiam esta história: um sargento da PMBA pediu ajuda a um folião para orientar um turista que falava outra língua. O contato foi suficiente para gerar uma conversa aberta, franca entre o PM e o folião, que fez o seguinte relato em seu perfil do Instagram:

"Diário de bordo, Carnaval de Salvador, Ondina, 2020 - Esse abraço aconteceu depois dele pedir uma ajuda (precisava orientar um gringo e não fala inglês) naturalmente começamos uma conversa, ele falou sobre o peso da farda, sobre sua luta em ser honesto e bom em meio a tanta pressão. Eu falei sobre meus medos, sobre não me sentir seguro com a polícia, sobre homofobia e desrespeito, ele tirou o capacete, me pediu esse abraço e prometeu não deixar nenhum mal acontecer à sociedade gay ou qualquer indivíduo próximo, enquanto tiver presente. Pádua, é a primeira vez que olhei nos olhos de um policial, a primeira vez que acreditei nessa representação de segurança. Por um mundo maior, igual esse cara"

Encontros que celebram a profundidade da condição humana são cruciais para nos entendermos, para quebrar preconceitos e paradigmas. Todo policial militar é um ser humano, que tem como missão cuidar dos demais seres humanos. É difícil, complexo e desafiador. Mas não desistimos. 

PMBA


Nas redes sociais internautas e amigos do PM parabenizam por esse ato de respeito ao próximo. "Este é o melhor caminho de qualquer segmento da sociedade, sou suspeito para comentar sobre o SGT PMBA Pádua, amigo de longas datas, um cara do bem, e quem o conhece sabe do que estou falando. Sinceramente, para mim não foi surpresa essa atitude dele, isso ele pratica a vida inteira, Parabéns" comentou Doriedson Silva.

Por  Igor Fagner / Jacobina Notícias - Conectando você com o mundo.