Moradora de São Paulo procura mãe biológica na região de Jacobina


A dona de casa Andrea Wanderley, 31 anos, moradora do município de Louveira, na região de Jundiaí, interior de São Paulo, tem um sonho: conhecer a sua mãe biológica que reside na região de Jacobina.

Ela foi registrada em Jacobina, no Cartório de Registro Civil no dia 27 de outubro de 1988, tendo como pais adotivos o casal Manoel Rocha, conhecido como Neco Marchante, e Ivanilde da Silva, Dona Nega, que à época residia aqui na cidade.

Ainda criança, Andrei foi embora com seus pais adotivos para o estado de Alagoas, onde cresceu, estudou e formou família. Seus pais, Seu Neco Marchante e Dona Nega faleceram, e ela foi morar em São Paulo, onde reside atualmente, na cidade de Louveira, que fica a 70 quilômetros da capital.

Apesar de uma vida estabilizada, com esposo e filhos, Andreia quer muito conhecer sua família biológica, especialmente, a sua mãe, que ela só se recorda do apelido, Joaninha, que residia em Jacobina, mas depois mudou-se para o distrito de Lages do Batata, e que estaria atualmente vivendo num assento entre Lages do Batata e Caatinga do Moura.

Se alguém conhece ou possui alguma informação que possa ajudar na localização da Senhora Joaninha,  por favor, fazer contato através do WhatsApp de Andrei, no número (19) 98841-4297 ou através da redação do Jacobina 24 Horas, no WhatsApp (74) 9912-5102. (Jacobina 24 h)

Seu Neco Marchante e Dona Nega, já falecidos, foram os pais adotivos de Andreia.